Paulo Bork

Photo courtesy of Brazilian White Center - UNASP.

Bork, Paulo Franz (1924–2015)

By The Brazilian White Center – UNASP

×

The Brazilian White Center – UNASP is a team of teachers and students at the Brazilian Ellen G. White Research Center – UNASP at the Brazilian Adventist University, Campus Engenheiro, Coelho, SP. The team was supervised by Drs. Adolfo Semo Suárez, Renato Stencel, and Carlos Flávio Teixeira. Bruno Sales Gomes Ferreira provided technical support. The following names are of team members: Adriane Ferrari Silva, Álan Gracioto Alexandre, Allen Jair Urcia Santa Cruz, Camila Chede Amaral Lucena, Camilla Rodrigues Seixas, Daniel Fernandes Teodoro, Danillo Alfredo Rios Junior, Danilo Fauster de Souza, Débora Arana Mayer, Elvis Eli Martins Filho, Felipe Cardoso do Nascimento, Fernanda Nascimento Oliveira, Gabriel Pilon Galvani, Giovana de Castro Vaz, Guilherme Cardoso Ricardo Martins, Gustavo Costa Vieira Novaes, Ingrid Sthéfane Santos Andrade, Isabela Pimenta Gravina, Ivo Ribeiro de Carvalho, Jhoseyr Davison Voos dos Santos, João Lucas Moraes Pereira, Kalline Meira Rocha Santos, Larissa Menegazzo Nunes, Letícia Miola Figueiredo, Luan Alves Cota Mól, Lucas Almeida dos Santos, Lucas Arteaga Aquino, Lucas Dias de Melo, Matheus Brabo Peres, Mayla Magaieski Graepp, Milena Guimarães Silva, Natália Padilha Corrêa, Rafaela Lima Gouvêa, Rogel Maio Nogueira Tavares Filho, Ryan Matheus do Ouro Medeiros, Samara Souza Santos, Sergio Henrique Micael Santos, Suelen Alves de Almeida, Talita Paim Veloso de Castro, Thais Cristina Benedetti, Thaís Caroline de Almeida Lima, Vanessa Stehling Belgd, Victor Alves Pereira, Vinicios Fernandes Alencar, Vinícius Pereira Nascimento, Vitória Regina Boita da Silva, William Edward Timm, Julio Cesar Ribeiro, Ellen Deó Bortolotte, Maria Júlia dos Santos Galvani, Giovana Souto Pereira, Victor Hugo Vaz Storch, and Dinely Luana Pereira.

 

 

First Published: January 29, 2020

Paulo Franz Bork, pastor e arqueólogo, nasceu em 8 de janeiro de 1924, na cidade de Cristina, estado de Minas Gerais, Brasil.1 Era o filho mais novo de Max e Helena Bork;2 seus irmãos eram João3 (1911-1988),4 Lídia e Ruth Bork (Marques) (1919-1998).5 Nascido em lar adventista, Paulo sofreu influência religiosa desde a infância, visto que seus pais o incentivaram a estudar a Bíblia desde pequeno. Seu pai conheceu a mensagem adventista no início do século 20 e foi batizado em 1904, em Oslowo (hoje parte da Polônia), quando a Igreja Adventista na Alemanha ainda estava em seus primórdios. Com o fechamento das igrejas adventistas, devido aos membros não participarem em treinamentos militares aos sábados e serem contra o porte de armas, Max construiu uma pequena capela na floresta, onde se encontravam para adorar a Deus. Foi nesse contexto que a família Bork emigrou para o Brasil em 1922, estabelecendo-se no estado de Minas Gerais. Em 1924 mudaram-se para a região do Colégio Adventista Brasileiro (CAB, hoje UNASP-SP),6 a fim de prover educação cristã aos filhos.7

Paulo completou o ensino fundamental no CAB (1939-1942). Para ajudar seus pais com as despesas escolares, ele colportou nas cidades de Assis, SP (1942), Presidente Prudente, SP (1943), e Joinville, SC (1944). Enquanto aluno, prestava atenção especialmente às aulas de história e geografia lecionadas pela professora Ruth Oberg Guimarães e de história cívica lecionadas por Renato Emir Oberg. Em 1945, graduou-se com diploma em Contabilidade. Em 1946, foi para os Estados Unidos, onde cursou Teologia no Emmanuel Missionary College (hoje Universidade Andrews), permanecendo ali até 1948. Logo no início do curso de Teologia ele se tornou grande apreciador das aulas de arqueologia bíblica, e teve a convicção de que deveria aprofundar os estudos nessa área. Em 1950, graduou-se em Teologia pelo Pacific Union College.8

No ano seguinte, casou-se com Norma Koester, professora9 e posteriormente presidente da Associação de Fonoaudiologia Adventista do Sétimo Dia.10 Dessa união nasceram Paul Kevin (1955) e Terry Alan (1957).11 Em 1951 ele também concluiu um mestrado em História da Igreja no Seminário Teológico Adventista em Takoma Park, Maryland. Posteriormente, realizou um mestrado em divindade pela Universidade Andrews (1960). Alcançou o título de doutor pela Escola de Pós-graduação em Teologia da Califórnia (1971). Além disso, fez cursos na área de Arqueologia em diversas universidades, tais como a Pacific School of Religion em Berkeley, California (1962), a Universidade Hebraica de Jerusalém (1971-1972), e a Universidade de Londres (1972).12

Paulo iniciou seu ministério na Igreja Adventista em 1953, como pastor da igreja alemã da cidade de Nova Iorque e diretor do departamento Jovem da Associação Maior de Nova Iorque, que abrangia parte do estado de Nova Iorque, inclusive a capital.13 Em julho de 1955, foi transferido para as igrejas de fala portuguesa localizadas em Taunton e New Bedford, Massachusetts,14 onde serviu até 1961. Foi ordenado ao ministério em 30 de junho de 1956, no sul da região de Nova Inglaterra.15 Em 1961, aceitou o convite para lecionar Bíblia e Alemão na Escola Secundária de Loma Linda (hoje Universidade de Loma Linda), função que exerceu pelos seis anos seguintes.16

Em 1967, foi convidado para lecionar Antigo Testamento e Arqueologia no Pacific Union College (PUC) em Angwin, California. Após quase 20 anos como professor no PUC, em 1986 foi nomeado diretor do Departamento de Religião do colégio,17 sendo ao mesmo tempo diretor e professor até 1989.18 Sob sua liderança, o programa de extensão do Departamento de Religião do PUC em Jerusalém foi inaugurado. Ele o administrou por cinco anos até transferir sua gerência para a Conferência Geral.19

Durante esse período, ele serviu como guia para estudantes em várias expedições arqueológicas. Dentre elas estiveram as seguintes pesquisas: escavação do sítio arqueológico de Tel Gezer, Israel (1971-1975), patrocinada pela Fundação Ford; pesquisa arqueológica com objetivo de localizar os muros e portões da antiga Jerusalém, patrocinada pelo Museu Arqueológico de Jerusalém (1975-1978); e uma escavação na chamada Cidade de Davi em Jerusalém, patrocinada pelo Conselho de Antiguidades de Israel (1978-1979). Ele também realizou pesquisas na Síria, Jordânia, Egito, Turquia, Iraque, Iran, Líbano, Iêmen, Grécia, Itália, México e Guatemala, sendo que nesses dois últimos estudou sobre a civilização Maia.20

Bork também contribuiu com as seguintes publicações: The World of Moses em inglês e alemão (1979);21 Out of the City, Across the Sand, traduzido para o português em 1989 pela Casa Publicadora Brasileira, sob o título A Viagem da Promessa, reconstruindo os passos de Abraão, de Ur a Canaã;22 A History of the Seventh-day Adventist Church in Southern California; assim como artigos publicados nos periódicos Adventist ReviewMinistry, e Revista Adventista.23 O Dr. Paulo Bork aposentou-se em 1989 pela PUC.

Paulo prestou importante contribuição para o avanço dos estudos nas áreas bíblica e arqueológica do Instituto Adventista de Ensino (hoje UNASP). No ano de 1993, em reunião com o Pastor Walter Boger, diretor da instituição, expressou o desejo de doar parte de sua biblioteca em arqueologia e objetos pessoais para o centro universitário. Cerca de 200 livros foram doados à coleção da biblioteca Dr. Enoch de Oliveira, e por volta de 110 artefatos chegaram ao campus em 1996, a fim de serem expostos apenas quando o museu fosse construído no prédio do Centro de Comunicação. Este foi oficialmente inaugurado em 16 de maio de 2000, e nomeado Museu de Arqueologia Bíblica Paulo Bork.24

          Durante sua aposentadoria, Paulo continuou viajando e dando palestras, como também auxiliando em estudos no Centro de Pesquisas Ellen G. White da Universidade de Loma Linda.25 Ele faleceu em 24 de janeiro de 2015, no Centro Médico da Universidade de Loma Linda, após sofrer uma queda em sua casa em Loma Linda.26 Paulo declarou em uma entrevista que a “Arqueologia transformou sua vida. Ele nunca mais leu a Bíblia da mesma maneira como lia antes de se tornar um arqueólogo. Seus pontos de vista mudaram e sua fé na Bíblia foi confirmada. As pesquisas arqueológicas provam que Deus realmente inspirou as Escrituras.”27 Os cerca de 37 anos de serviço que Bork prestou à denominação contribuíram especificamente para estudos acadêmicos na área de Arqueologia em instituições de ensino superior adventistas.

Referências

Anderson, Carl P. “Farewell to the Borks.” Atlantic Union Gleaner, vol. 58, no. 34,  31 de agosto, 1959, 4-5. Acessado em 16 de outubro, 2017. http://docs.adventistarchives.org/docs/ALUG/ALUG19590831-V58-34__B.pdf#view=fit.

Borges, Michelson. Por que creio: doze pesquisadores falam sobre ciência e religião. 1ª edição, Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2003.

Bork, Paulo F. A Viagem da Promessa: Reconstituindo os Passos de Abraão, de Ur a Canaã. 1ª edição, Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 1989.

“Casa Apresenta os Cursos de Leitura para 1989.” Revista Adventista, fevereiro, 1989, 27. Acessado em 16 de outubro, 2017. http://acervo.revistaadventista.com.br/capas.cpb.

Curriculum Vitae de Paulo F. Bork. In Centro Nacional da Memória Adventista/Centro de Pesquisas Ellen G. White: UNASP-EC, Engenheiro Coelho, SP. Estante 2. Prateleira 13. Pasta “Bork, Paulo F.” Acessado em 16 de outubro, 2016.

Hartbauer, R. E. “SHASDA Organized.” Atlantic Union Gleaner, vol. 72, no. 17, 11 de setembro, 1973. Acessado em 16 de outubro, 2017. http://docs.adventistarchives.org/docs/ALUG/ALUG19730911-V72-17__B.pdf#view=fit.

“João Bork.” Revista Adventista, junho, 1988. Acessado em 16 de outubro, 2017, http://acervo.revistaadventista.com.br/capas.cpb.

Mills, Merle L. “Southern New England Ordination Service.” ARH, vol. 133, no. 36, 6 de setembro, 1956. Acessado em 16 de outubro, 2017. http://docs.adventistarchives.org/docs/RH/RH19560906-V133-36__B.pdf#view=fit.

Ponder, James. “In Loving Memory of Paul Franz Bork, Ph.D.” Loma Linda City News (online), fevereiro, 2015. Acessado em 16 de outubro, 2017, http://lomalinda.citynewsgroup.com/articles/a6262d74ad10556aef029513c1d4043b.

Roth, Don. “Brazilian Museum Named for Loma Linda Professor.” Loma Linda City News, 20 de janeiro, 2011, 11.

“Ruth Bork Marques.” Revista Adventista, janeiro, 1998. Acessado em 16 de outubro, 2017. http://acervo.revistaadventista.com.br/capas.cpb.

Sheid, Geraldo Oscar. “Biografia de John Bork.” Monografia, UNASP-EC, 1986.

Steed, Lincoln. “Books across my Desk.” Australasian Record and Advent Word Survey, vol. 84, no. 30, julho, 23, 1979, 12. Acessado em 16 de outubro, 2017. http://docs.adventistarchives.org/docs/AAR/AAR19790723-V84-30__C.pdf#view=fit.

Stencel, Renato e Alberto R. Timm. Museu de Arqueologia Bíblica: Artigos em homenagem ao Dr. Paulo Bork, Engenheiro Coelho, SP: UNASPRESS, 2010.

Notas de Fim

  1. Michelson Borges, Por que creio: Doze pesquisadores falam sobre ciência e religião (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2003), 61.
  2. Renato Stencel e Alberto R. Timm, “Paulo Franz Bork (1924-) Resumo Bibliográfico,” in Museu de Arqueologia Bíblica: Artigos em homenagem ao Dr. Paulo Bork, ed. Rodrigo Silva (Engenheiro Coelho, SP: UNASPRESS, 2010), 100.
  3. Geraldo Oscar Scheid, “Biografia de John Bork” (Monografia, UNASP-EC, 1986), 4.
  4. “João Bork,” Revista Adventista, junho, 1988, 32.
  5. “Ruth Bork Marques,” Revista Adventista, janeiro, 1998, 29.
  6. Geraldo Oscar Scheid, “Biografia de John Bork” (Monografia, UNASP-EC, 1986), 4.
  7. Stencel e Timm, 100.
  8. Borges, 61-62.
  9. Roth, Don, “Brazilian Museum Named for Loma Linda Professor,” Loma Linda City News, 20 de janeiro, 2011, 11.
  10. R. E. Hartbauer, “SHASDA Organized,” Atlantic Union Gleaner, vol. 72, no. 17, 11 de setembro, 1973, 7.
  11. Ponder, James, “In Loving Memory of Paul Franz Bork, Ph.D.,” Loma Linda City News, fevereiro, 2015. Acessado em 10 de outubro, 2017, http://lomalinda.citynewsgroup.com/articles/a6262d74ad10556aef029513c1d4043b.
  12. Curriculum Vitae de Paulo F. Bork (Centro Nacional da Memória Adventista/Centro de Pesquisas Ellen G. White, UNASP-EC, Engenheiro Coelho, SP). 1.
  13. Ibid.
  14. Carl P. Anderson, “Farewell to the Borks,” Atlantic Union Gleaner, vol. 58, no. 34, 31 de agosto, 1959, 4.
  15. Merle L. Mills, “Southern New England Ordination Service,” ARH. vol. 133, no. 36, 6 de setembro, 1956, 24.
  16. Curriculum Vitae de Paulo F. Bork. (Centro Nacional da Memória Adventista/Centro de Pesquisas Ellen G. White: UNASP-EC, Engenheiro Coelho, SP), 1.
  17. Ibid.
  18. “Casa Apresenta os Cursos de Leitura para 1989,” Revista Adventista, fevereiro, 1989, 27.
  19. Curriculum Vitae de Paulo F. Bork (Centro Nacional da Memória Adventista/Centro de Pesquisas Ellen G. White: UNASP-EC, Engenheiro Coelho, SP), 1; Stencel e Timm, 100.
  20. Curriculum Vitae de Paulo F. Bork, 1; Stencel e Timm, 100.
  21. Lincoln E. Steed, “Books Across my Desk,” Australasian Record and Advent Word Survey, vol. 84, no. 30, julho, 23, 1979, 12.
  22. Paulo F. Bork, A Viagem da Promessa: reconstituindo os passos de Abraão, de Ur a Cannaã (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 1989), 146.
  23. Stencel e Timm, 100.
  24. Ibid., 44-46.
  25. Borges, 62.
  26. James Ponder, “In Loving Memory of Paul Franz Bork, Ph.D.,” Loma Linda City News, fevereiro, 2015, Acessado em 30 de outubro, 2017, http://lomalinda.citynewsgroup.com/articles/a6262d74ad10556aef029513c1d4043b.
  27. Borges, 63.
×

UNASP, The Brazilian White Center –. "Bork, Paulo Franz (1924–2015)." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. January 29, 2020. Accessed April 15, 2024. https://encyclopedia.adventist.org/article?id=5GG7.

UNASP, The Brazilian White Center –. "Bork, Paulo Franz (1924–2015)." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. January 29, 2020. Date of access April 15, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=5GG7.

UNASP, The Brazilian White Center – (2020, January 29). Bork, Paulo Franz (1924–2015). Encyclopedia of Seventh-day Adventists. Retrieved April 15, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=5GG7.