Project logo

Photo courtesy of South American Division Archives.

Projeto Um Ano em Missão, Divisão Sul-Americana

By Caiky Xavier Almeida

×

Caiky Xavier Almeida

First Published: November 28, 2021

O projeto Um Ano em Missão (em inglês, One Year in Mission – OYiM) é uma iniciativa evangelística da Igreja Adventista do Sétimo Dia, coordenada pelo departamento do ministério jovem da Associação Geral.  O objetivo desse projeto na Divisão Sul-Americana (DSA) é promover a participação de jovens adventistas no evangelismo de centros urbanos em oito países atendidos pela DSA. São eles: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai. Desde 2014, participantes desse projeto combinam seus talentos, recursos e conhecimento profissional para atender as necessidades das comunidades através de iniciativas que combinam a pregação do evangelho com o serviço ao próximo.

Organização

Em 1879, dois jovens americanos, Harry Fenner, de 16 anos, e Luther Warren, de 14 anos, organizaram os jovens de sua igreja local para promover a obra evangelística, levantar fundos para a compra de literatura missionária e promover a causa da temperança. Em 1897, esse movimento motivou os líderes da Associação Geral a iniciar o processo de organização de um ministério dedicado a servir a juventude adventista e suas iniciativas missionárias. A princípio, esse ministério foi organizado sob a responsabilidade do departamento da Escola Sabatina. Tornou-se um departamento independente durante um conselho da Associação Geral na cidade de Gland, Suíça, em 1907. Nessa época, o departamento foi nomeado Departamento dos Jovens Missionários Voluntários. M. E. Kern foi nomeado como o seu primeiro líder.1

Em harmonia com os desenvolvimentos da obra a nível mundial, as atividades missionárias realizadas pelos jovens adventistas na América do Sul ganharam maior ênfase no início do século 20. Em 1902, foi formado o primeiro grupo de jovens nas premissas da escola de formação missionária na cidade de Gaspar Alto, Santa Catarina, no sul do Brasil. Esse grupo tinha os mesmos objetivos que as sociedades de jovens adventistas formadas nos Estados Unidos. Com o tempo, o ministério jovem se estabeleceu na região sul-americana e a participação dos jovens no evangelismo aumentou significativamente. O envolvimento dos jovens foi vital para a expansão da Igreja Adventista em toda a América do Sul, especialmente durante os primeiros anos da missão no território.2

Em 1915, um jovem brasileiro chamado Mateo Leytes, formado em enfermagem no Sanatório de River Plate (atual Sanatório Adventista del Plata), foi enviado para servir como médico-missionário na cidade de Asunción, capital do Paraguai. Nessa época, os adventistas estavam promovendo um projeto de implantação de igrejas. Leytes conduziu estudos bíblicos e ajudou o Pastor Arthur Westphal. Mais tarde, o jovem Leytes trabalhou como enfermeiro-chefe no Hospital Militar de Assunção. O seu serviço na obra médico-missionária naquela cidade contribuiu positivamente para a origem do atual Sanatório Adventista de Assunção.3

Histórias como a de Mateo Leytes ilustraram a eficácia dos jovens no evangelismo adventista. Notando a tendência, nas décadas seguintes a Igreja implementou vários programas para encorajar os jovens a cumprir a sua missão.4 Por exemplo, durante a década de 1960, o programa Estudante Missionário incentivou estudantes de universidades e faculdades adventistas a passar até um ano em um país estrangeiro, onde prestavam assistência a igrejas, escolas e outras instituições adventistas.5 O programa foi expandido durante a década de 1970, quando o Corpo de Serviço Voluntário Adventista (SVA) foi organizado.6 Através do SVA, jovens de 18 a 30 anos voluntariavam-se para servir à Igreja dentro ou fora dos seus países de origem durante um período de nove a 24 meses.7

Procurando desenvolver ainda mais o evangelismo por meio de programas de voluntariado para jovens, em 2011 a Associação Geral pediu ao departamento do ministério jovem e ao SVA que criassem um projeto evangelístico que durasse um ano inteiro. A ideia era que os jovens voluntários se mudassem para cidades ainda não alcançadas, a fim de estabelecer as bases de uma comunidade adventista nesses locais. O programa inicial tornou-se um protótipo para o Um Ano em Missão, que a Associação Geral criou oficialmente em janeiro de 2013. O objetivo desse programa era promover a participação dos jovens no evangelismo dos centros urbanos. Através do OYiM, os jovens voluntários utilizam os seus talentos, recursos e conhecimentos profissionais para atender às necessidades da comunidade adventista local em que estão inseridos.8

O primeiro projeto do Um Ano em Missão ocorreu na cidade de Nova Iorque, em 2013. Catorze jovens de diferentes divisões mundiais trabalharam juntos para conduzir programas sociais com o objetivo de apresentar o evangelho ao povo da cidade de Nova Iorque durante um ano. Entre os voluntários, a DSA foi representada por Liz Motta. No ano seguinte, o projeto foi implementado no campo missionário da Divisão Sul-Americana. O objetivo declarado do OYiM é "criar uma geração de missionários que dediquem um ano das suas vidas a cumprir a ordem do Mestre: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. (Marcos 16:15)"9.

História

O primeiro projeto do Um Ano em Missão na DSA ocorreu na cidade de Montevideo, Uruguai, em 2014. Os voluntários chegaram à capital uruguaia no dia 14 de janeiro daquele ano. A sua missão era estabelecer duas igrejas e dois centros de influência10 na cidade.11 A fim de cumprir essa missão, eles conduziram programas que procuravam atender às necessidades da comunidade. Ao mesmo tempo, os jovens abordaram problemas espirituais diretamente através de pequenos grupos12 e estudos bíblicos, preparando as pessoas para uma série evangelística que aconteceria pouco depois.13

Como resultado do trabalho realizado por esses missionários, mais de 40 pessoas foram batizadas em Montevidéu. Além disso, foram organizadas igrejas e centros de influência, e clubes de Aventureiros14 e Desbravadores15 foram estabelecidos.16 Os jovens locais de Montevidéu também foram motivados a participar do OYiM, seguindo o exemplo dos voluntários que vieram trabalhar em sua cidade.17 Nesse mesmo ano, os projetos foram realizados pela DSA em 13 outras cidades da América do Sul, o que mobilizou 150 jovens missionários.18

Em 2015, 24 voluntários foram enviados para trabalhar como missionários na cidade do Rio de Janeiro.19 Subsidiados pela DSA, o seu objetivo era estabelecer dois centros de influência na cidade.20 Em maio de 2015, centros de influência foram inaugurados nos bairros de Campo Grande e Freguesia, Zona Norte do Rio. Desde então, diversos cursos têm sido oferecidos nesses centros. No centro de Campo Grande, por exemplo, foram disponibilizados cursos de línguas, gastronomia saudável e artesanato, bem como sessões de reeducação de postura global e pilates. Nesses centros, estudos bíblicos contínuos chegavam a cerca de 200 pessoas semanalmente.21 Em 2016, o OYiM reuniu 22 jovens em Santiago, a capital do Chile.22 Nessa cidade, os missionários implementaram atividades sociais, evangelismo, feiras de saúde,23 visitas domiciliares e estudos bíblicos, entre outras atividades.24

Devido aos sucessos evangelísticos que o OYiM havia alcançado até então, em 2017 foram planejados projetos para a região metropolitana de Recife, no estado brasileiro de Pernambuco. Nesse ano, 22 jovens foram enviados para estabelecer centros de influência em bairros sem presença adventista e para evangelizar estudantes da Universidade Federal de Pernambuco.25 Em uma das iniciativas no campus da universidade, os voluntários montaram tendas temáticas, mostrando a cultura do país de origem de cada voluntário do OYiM.26 No final do ano, os objetivos foram alcançados e dois centros de influência foram estabelecidos – um no bairro de Piedade, no Recife, e outro no município de Olinda.27

Até 2016, os projetos do Um Ano em Missão eram organizados e dirigidos pela Divisão Sul-Americana. No entanto, a partir de 2017, projetos começaram a ser desenvolvidos pelas uniões constituintes da DSA, associações locais e missões. Naquele ano, a União Centro-Oeste Brasileira (UCOB) promoveu pela primeira vez o OYiM com projetos para os quais 165 jovens se voluntariaram. Entre eles havia 157 voluntários brasileiros e oito hispanos – cinco paraguaios, dois bolivianos e um argentino.28

No campo da UCOB, a Missão do Tocantins (MTo) também realizou o seu primeiro projeto do OYiM em 2017. Vinte e cinco voluntários foram enviados para viverem durante um ano como missionários na Ilha do Bananal, considerada a maior ilha fluvial do mundo. Os voluntários foram divididos em três equipes que ajudaram a igreja local através de campanhas de saúde, serviço comunitário e estudos bíblicos. Além disso, os missionários ofereceram aulas de reforço de inglês, espanhol e informática para as crianças da escola comunitária. Os voluntários foram hospedados na vila de Juscelino Kubitschek, às margens do rio Araguaia, de onde visitaram as vilas circundantes. Para chegar às comunidades, utilizavam pequenos barcos, com os quais podiam acessar até os locais mais remotos.29

No ano seguinte, o OYiM liderado pela DSA conduziu projetos na cidade de Santa Cruz de La Sierra, Bolívia, envolvendo 20 jovens. Os missionários ofereceram cursos e palestras gratuitas sobre temas como música, saúde, educação e teologia. Eles promoveram as suas programações através das mídias sociais, tornando os cultos bem conhecidos e populares. Em agosto de 2018, havia 971 pessoas inscritas nos cursos oferecidos. Após a comercialização através de um website, mais 1.820 pessoas se inscreveram. Além disso, cerca de 3.400 pessoas acompanharam o trabalho dos voluntários através da página do projeto no Facebook.30

Em 2019, Porto Alegre, a capital do estado do Rio Grande do Sul, Brasil, foi escolhida para projetos do OYiM por sua baixa porcentagem de adventistas em relação à população total.31 De fato, a cidade de Porto Alegre é "conhecida como a capital menos evangelizada do país devido ao aumento do ateísmo, das religiões não cristãs e seus aspectos." Assim, um dos objetivos do grupo enviado para o local era melhorar as taxas de evangelização. Para esse fim, as iniciativas dos missionários incluíram a implantação de novas igrejas e a procura de pessoas interessadas em estudar a Bíblia. Além disso, eles ajudaram os centros de influência que já prestavam assistência à população carente.32

Outras instituições adventistas também se envolveram no OYiM em 2019. A Associação Mineira Sul implementou trabalhos na cidade de Juiz de Fora, no estado de Minas Gerais, Brasil. Sob a influência do trabalho realizado pelo grupo de voluntários, 13 pessoas foram batizadas nesse local. Após a conclusão do projeto, os jovens escreveram um livro intitulado Vida de Missionário. No livro, os missionários voluntários narraram um pouco da história de cada participante nesse projeto do OYiM e descreveram as experiências evangelísticas que tiveram durante a missão.33 Em 2020, a DSA selecionou Guayaquil, Equador, como foco missionário do OYiM. Nessa cidade equatoriana, 19 missionários voluntários realizaram projetos como a Escola Cristã de Férias.34 Cerca de 40 crianças participaram. Além disso, as atividades realizadas pelos voluntários incluíram visitas e estudos bíblicos em pequenos grupos de igrejas locais.35

Desde o início, o projeto Um Ano em Missão tem proporcionado muitas bênçãos a pessoas e instituições no território sul-americano. Líderes e voluntários têm se comprometido em dar continuidade a esse projeto a fim de continuar promovendo o envolvimento das novas gerações no cumprimento da missão adventista. Nesse sentido, um dos objetivos da liderança do ministério jovem da divisão para os próximos anos é que todos os campos do território (entre Uniões, Associações e Missões) estejam permanentemente empenhados no projeto. Para atingir tal objetivo, cada distrito pastoral é incentivado a enviar pelo menos um candidato como representante no processo de seleção anual que define os participantes do projeto. Esse representante, quando selecionado, pode fazer parte da equipe de voluntários e receber formação e apoio financeiro do seu distrito de origem.36

Papel e Posição no País/Região

O projeto OYiM tem contribuído para despertar os jovens para a vocação missionária e o crescimento do compromisso evangelístico entre esse grupo. Isso pode ser visto, por exemplo, na história de Rhayssa Neves, uma jovem que serviu como missionária na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil. Ela considerava deixar tudo para viver um ano longe de casa uma perda de tempo, mas a sua forma de pensar mudou depois de participar no projeto. No seu testemunho, ela declara: "Hoje, a missão para mim é cuidar do meu próximo e servi-lo." Misael Carlos, voluntário no município de Extrema, também em Minas Gerais, teve a sua vida transformada no meio da experiência missionária e partilhou uma nova perspectiva e visão sobre a missão. Durante o OYiM, ele colaborou na fundação de um clube de Desbravadores e deu aulas de violão. Hoje, o jovem quer continuar o seu envolvimento na missão, trabalhando para aproximar a sua família de Cristo.37

Desde os primeiros anos do movimento adventista, a Igreja tem sido abençoada pelas contribuições de jovens comprometidos com a Palavra de Deus. Os líderes do OYiM na Divisão Sul-Americana acreditam que a juventude de hoje pode ser uma parte importante na pregação do evangelho. Essa mobilização tem procurado cumprir a visão do ministério jovem – "a mensagem de advento para todo o mundo na minha geração." É um lembrete do dever e privilégio de cada jovem adventista de proclamar o evangelho eterno até aos confins da terra.38 Através desses esforços, novas gerações de jovens missionários adventistas do sétimo dia viverão à altura do legado dos antecessores que mantiveram acesa a tocha do evangelho, passando-a para a frente.39

Cronologia dos Diretores40

Diretores: Areli Barbosa (2013-2014), Carlos Humberto Campitelli (2015-atual)

Coordenadores: Liz Motta (2014), Leonardo Raimundo (2015), Carlos Alberto Figueroa Espinoza (2016), Emílio Mário Andrade Faye das Chagas (2017), Pablo Hector Moleros Medrano (2018), Yago Melo Souza (2019-atual).41

Referências

Acosta, Rafael. “Um ano entre os nativos.” Revista Adventista, abril de 2017.

Ale, Pablo. “Um Ano em Missão.” Mais Destaque (Online), 12 de setembro de 2014. Acessado em 7 de julho de 2020. http://www.maisdestaque.com.br/site/?p=610.

Allen, Malcolm, Salvação e Serviço. São Paulo, Brasil: Editora Sobre Tudo, 2015.

Associação Mineira Leste. Acessado em 3 de outubro de 2019. https://aml.adventistas.org/.

Cleber, Herbert; editor. Manual do Ministério Jovem Adventista. Brasília, Brasil: Divisão Sul-Americana, 2019.

Di Dionisio, Eugenio. “Leytes, Mateo José (1883-1963).” Enciclopédia dos Adventistas do Sétimo Dia (Online), s/d. Acessado em 9 de julho de 2020. https://encyclopedia.adventist.org/.

Ebinger, Marcia. “Projeto Um Ano em Missão segue, em 2015, para o Rio de Janeiro.” Notícias Adventistas (Online), 21 de maio de 2014. Acessado em 3 de julho de 2019. https://bit.ly/2YjAhZL.

Köhler, Erton. “Grandes iniciativas.” Revista Adventista, setembro de 2014.

Korsun, Veronica. “Jovens iniciam projeto ‘Um Ano em Missão’ no Uruguai.” Notícias Adventistas (Online), 23 de janeiro de 2014. Acessado em 2 de julho de 2019. https://bit.ly/2GtpQIO.

Lemos, Felipe. “De olho em 2016.” Revista Adventista, junho de 2015.

Lemos, Felipe. “Mídias digitais potencializam projetos de centros de influência.” Notícias Adventistas (Online), 8 de setembro de 2018. Acessado em 24 de julho de 2019. https://bit.ly/2Yjubsg.

Lopes, Fabiana. “Centros de influência no sul do Rio e jovens do OYiM dão esperança a pessoas.” Notícias Adventistas (Online), 29 de setembro de 2015. Acessado em 3 de julho de 2019, https://bit.ly/30TyHv8.

Marques, Mayra. “Jovens do OYiM registram experiências da missão em livro.” Notícias Adventistas (Online), 14 de novembro de 2018. Acessado em 3 de julho de 2019. https://bit.ly/32P0dMa.

“Ministério Jovem.” Nossa Herança. Tatuí, São Paulo: Casa Publicadora Brasileira, 2004.

“Ministérios nas Universidades.” Revista Adventista, setembro de 1983.

Missão Urbana. Acessado em 31 de julho de 2019. https://missaourbana.org/.

Müller, Alfredo. “Jóvenes Adventistas se movilizan con acciones de impacto en Chile [Jovens adventistas se mobilizam com ações impactantes no Chile].” Notícias Adventistas (Online), 21 de fevereiro de 2016. Acessado em 24 de julho de 2019. https://bit.ly/2SHGjy6.

Nascimento, Tiago. “Jovens realizam feira multicultural na Universidade Federal de Pernambuco.” Notícias Adventistas (Online), 25 de maio de 2017. Acessado em 8 de julho de 2020. https://bit.ly/31WMchx.

Nascimento, Tiago. “Recife recebe grupo de missionários do projeto Um Ano em Missão.” Notícias Adventistas (Online), 10 de março de 2017. Acessado em 20 de setembro de 2019. https://bit.ly/2kvhgBF.

Oliveira, Joni Roger de. “Um Ano Em Missão Como Estratégia Para Fortalecimento da Fé Cristã em Jovens Adventistas da Região Centro-Oeste do Brasil.” Dissertação de mestrado, Seminário Adventista Latino-Americano de Teologia, 2017.

Portal da Igreja Adventista do Sétimo dia. Acessado em 4 de fevereiro de 2020. https://www.adventistas.org/.

Santana, Heron. “Novas fronteiras.” Revista Adventista (Online), 23 de dezembro de 2014. Acessado em 22 de outubro de 2019. https://bit.ly/2KvCTKX.

Seixas, Anne. “Missionário cruza o país para se dedicar ao voluntariado.” Notícias Adventistas (Online), 7 de fevereiro de 2019. Acessado em 24 de outubro de 2019. https://bit.ly/2JU933X.

Sella, Luiz Fernando e Daniela Tiemi Kanno. Manual da Feira de Saúde. S. n.: Divisão Sul-Americana, 2015.

Serviço Voluntário Adventista. https://sva.adventistas.org/. Acessado em 17 de outubro de 2019. https://bit.ly/33Dqv3n.

Seventh-day Adventist Online Yearbook [Anuário da IASD (Online)]. Acessado em 23 de junho de 2020. https://www.adventistyearbook.org/.

Seventh-day Adventist Yearbook [Anuário da IASD]. Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, 2013.

Seventh-day Adventist Yearbook [Anuário da IASD].  Nampa, ID: Pacific Press Publishing Association, 2018.

Silva, Andréia. “Jovens sul-americanos chegam à Porto Alegre.” Notícias Adventistas (Online), 13 de fevereiro de 2019. Acessado em 24 de julho de 2019. https://bit.ly/2K24eEl.

União Central Brasileira. Acessado em 2 de julho de 2019. https://ucb.adventistas.org/.

Notas de fim

  1. “História,” Igreja Adventista do Sétimo Dia, acessado em 4 de julho de 2019, https://bit.ly/2K1fnW5.
  2. Herbert Cleber, ed., Manual do Ministério Jovem Adventista (Brasília, Brasil: Divisão Sul-Americana, 2019), 11.
  3. Eugenio Di Dionisio, “Leytes, Mateo José (1883-1963),” Enciclopédia dos Adventistas do Sétimo Dia, s/d., acessado em 9 de julho de 2020, https://bit.ly/2O6x60C.
  4. Malcolm Allen, Salvação e Serviço (São Paulo, Brasil: Editora Sobre Tudo, 2015), 72.
  5. “Ministério Jovem,” Nossa Herança, (Tatuí, São Paulo: Casa Publicadora Brasileira, 2004), 103.
  6. “Quem somos,” Serviço Voluntário Adventista, acessado em 17 de outubro de 2019, https://bit.ly/33Dqv3n.
  7. “Ministérios nas Universidades,” Revista Adventista, setembro de 1983, 7.
  8. Heron Santana, “Novas fronteiras,” Revista Adventista, 23 de dezembro de 2014, acessado em 22 de outubro de 2019, https://bit.ly/2KvCTKX.
  9. “Um ano em missão,” União Central Brasileira, acessado em 2 de julho de 2019, https://bit.ly/2JPEBb1.
  10. “Centros urbanos holísticos que servem para ajudar a satisfazer as necessidades da comunidade. Ellen G. White conjeturava os centros de ministério que incluiriam instrução no estilo de vida, centros de tratamento, salas de leitura, restaurantes, colportagem, palestras, instrução a respeito de como preparar alimentos saudáveis etc. Hoje os Centros de Influência podem ter aspecto diferente e oferecer serviços e ministérios diferentes, mas o princípio permanece o mesmo – conectar-se às necessidades das pessoas.” “Centros de Influência,” Missão Urbana, acessado em 31 de julho de 2019, http://bit.ly/38U6V5P.
  11. Veronica Korsun, “Jovens iniciam projeto ‘Um Ano em Missão’ no Uruguai,” Notícias Adventistas, 23 de janeiro de 2014, acessado em 2 de julho de 2019, https://bit.ly/2GtpQIO.
  12. “O Pequeno Grupo é um grupo de pessoas que se reúne semanalmente sob a coordenação de um líder visando o crescimento espiritual, relacional e evangelístico, objetivando sua multiplicação.” Portal da Igreja Adventista do Sétimo Dia “Pequenos Grupos,” acessado em 4 de fevereiro de 2020, https://bit.ly/2NtcXj7.
  13. “Um ano em missão,” União Central Brasileira, acessado em 2 de julho de 2019, https://bit.ly/2JPEBb1.
  14. “O Clube dos Aventureiros é um programa para crianças de 6 a 9 anos de idade, criado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia em 1972. Nas reuniões, as crianças realizam atividades com foco no desenvolvimento físico, mental e espiritual.” “Aventureiros,” Igreja Adventista do Sétimo Dia, acessado em 4 de fevereiro de 2020, https://bit.ly/2NyYUuw.
  15. O Clube dos Desbravadores é composto por “meninos e meninas com idades entre 10 e 15 anos, de diferentes classes sociais, cor, religião. Reúnem-se, em geral, uma vez por semana para aprender a desenvolver talentos, habilidades, percepções e o gosto pela natureza.” Esses meninos e meninas “vibram com atividades ao ar livre. Gostam de acampamentos, caminhadas, escaladas, explorações nas matas e cavernas. Sabem cozinhar ao ar livre, fazendo fogo sem fósforo. Demonstramos habilidade com a disciplina através de ordem unida e têm a criatividade despertada pelas artes manuais. Combatem, também, o uso do fumo, álcool e drogas.” “Quem somos,” Igreja Adventista do Sétimo Dia, acessado em 4 de fevereiro de 2020, http://bit.ly/2FDRqTh.
  16. Pablo Ale, “Um Ano em Missão,” Mais Destaque, 12 de setembro de 2014, acessado em 7 de julho de 2020, https://bit.ly/3e5PfGj.
  17. Erton Köhler, “Grandes iniciativas,” Revista Adventista, setembro de 2014, 4.
  18. “História,” Associação Mineira Leste, acessado em 3 de outubro de 2019, https://bit.ly/31FhNBf.
  19. Fabiana Lopes, “Centros de influência no sul do Rio e jovens do OYiM dão esperança a pessoas,” Notícias Adventistas, 29 de setembro de 2015, acessado em 3 de julho de 2019, https://bit.ly/30TyHv8.
  20. Márcia Ebinger, “Projeto Um Ano em Missão segue, em 2015, para o Rio de Janeiro,” Notícias Adventistas, 21 de maio de 2014, acessado em 3 de julho de 2019, https://bit.ly/2YjAhZL.
  21. Fabiana Lopes, “Centros de influência no sul do Rio e jovens do OYiM dão esperança a pessoas,” Notícias Adventistas, 29 de setembro de 2015, acessado em 3 de julho de 2019, https://bit.ly/30TyHv8.
  22. Felipe Lemos, “De olho em 2016,” Revista Adventista, junho de 2015, 28.
  23. “A Feira de Saúde é um evento de um, dois ou mais dias, aberto para o público de todas as etnias e crenças, sem custo ou lucro. Normalmente é organizado em lugares públicos como ginásios, escolas, parques, praças ou supermercados. A comunidade é convidada a participar e a receber os benefícios de testes e instruções.” Luiz Fernando Sella e Daniela Tiemi Kanno, Manual de Feira da Saúde (S. n.: South American Division, 2015), 15.
  24. Alfredo Müller, “Jóvenes Adventistas se movilizan con acciones de impacto en Chile” [Jovens adventistas se mobilizam com ações impactantes no Chile], Notícias Adventistas, 21 de fevereiro de 2016, acessado em 24 de julho de 2019, https://bit.ly/2SHGjy6.
  25. Tiago Nascimento, “Recife recebe grupo de missionários do projeto Um Ano em Missão,” Notícias Adventistas, 10 de março de 2017, acessado em 20 de setembro de 2019, https://bit.ly/2kvhgBF.
  26. Tiago Nascimento, “Jovens realizam feira multicultural na Universidade Federal de Pernambuco,” Notícias Adventistas, 25 de maio de 2017, acessado em 8 de julho de 2020, https://bit.ly/31WMchx.
  27. Nathália Carvalho, participante do OYiM em Pernambuco em 2017, mensagem pela internet para Samuel Wesley Pereira de Oliveira, assistente de redação do ESDA, 15 de julho de 2020.
  28. Joni Roger de Oliveira, “Um Ano Em Missão Como Estratégia Para Fortalecimento da Fé Cristã em Jovens Adventistas da Região Centro-Oeste do Brasil,” (dissertação de mestrado, Seminário Adventista Latino-Americano de Teologia, 2017), 28.
  29. Rafael Acosta, “Um ano entre os nativos,” Revista Adventista, abril de 2017, 27.
  30. Felipe Lemos, “Mídias digitais potencializam projetos de centros de influência,” Notícias Adventistas, 8 de setembro de 2018, acessado em 24 de julho de 2019, https://bit.ly/2Yjubsg.
  31. Anne Seixas, “Missionário cruza o país para se dedicar ao voluntariado,” Notícias Adventistas, 7 de fevereiro de 2019, acessado em 24 de julho de 2019, https://bit.ly/2JU933X.
  32. Andréia Silva, “Jovens sul-americanos chegam à Porto Alegre,” Notícias Adventistas, 13 de fevereiro de 2019, acessado em 24 de julho de 2019, https://bit.ly/2K24eEl.
  33. Mayra Marques, “Jovens do OYiM registram experiências da missão em livro,” Notícias Adventistas, 14 de novembro de 2018, acessado em 3 de julho de 2019, https://bit.ly/32P0dMa.
  34. “A Escola Cristã de Férias é um meio muito eficaz para evangelismo com as crianças. Elas são atraídas pelo programa alegre e diferenciado, cheio de atividades e de participação.” “Escola Cristã de Férias,” Igreja Adventista do Sétimo Dia, acessado em 4 de fevereiro de 2020, https://bit.ly/2ty0XIS.
  35. Um Ano em Missão, publicação no Facebook, 9 de março de 2020 (01:12 a.m.), acessado em 8 de julho de 2020, https://bit.ly/2ZUbeuQ.
  36. Diana Steffen, assistente do departamento do Ministério Jovem da DSA, mensagem de e-mail para Carlos Flavio Teixeira, editor associado da ESDA, 23 de julho de 2019.
  37. Mayra Marques, “Jovens do OYiM registram experiências da missão em livro,” Notícias Adventistas, 14 de novembro de 2018, acessado em 3 de julho de 2019, https://bit.ly/32P0dMa.
  38. Malcolm Allen, Salvação e Serviço (São Paulo, Brasil: Editora Sobre Tudo, 2015), 26-27.
  39. Joni Roger de Oliveira, “Um Ano Em Missão Como Estratégia Para Fortalecimento da Fé Cristã em Jovens Adventistas da Região Centro-Oeste do Brasil” (Dissertação de mestrado, Seminário Adventista Latino-Americano de Teologia, 2017), 32.
  40. “South American Division [Divisão Sul-Americana],” Seventh-day Adventist Yearbook (Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, 2013), 257; “South American Division [Divisão Sul-Americana],” Seventh-day Adventist Yearbook (Nampa, ID: Pacific Press Publishing Association, 2018), 223; Seventh-day Adventist Online Yearbook, “South American Division [Divisão Sul-Americana],” acessado em 23 de junho de 2020, https://bit.ly/2Bv8CLF.
  41. Mais informações sobre o projeto Um Ano em Missão podem ser encontradas em https://www.adventistas.org/pt/jovens/projeto/um-ano-em-missao/ ou nas redes sociais - Facebook e Twitter: @oyimdsa e Instagram: @oyim.dsa.
×

Almeida, Caiky Xavier. ""One Year in Mission" Project, South American Division." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. November 28, 2021. Accessed December 01, 2022. https://encyclopedia.adventist.org/article?id=EIFW.

Almeida, Caiky Xavier. ""One Year in Mission" Project, South American Division." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. November 28, 2021. Date of access December 01, 2022, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=EIFW.

Almeida, Caiky Xavier (2021, November 28). "One Year in Mission" Project, South American Division. Encyclopedia of Seventh-day Adventists. Retrieved December 01, 2022, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=EIFW.