View All Photos

Maria Kudzielicz, 1972

Photo courtesy of UNASP São Paulo Memory Center.

Kudzielicz, Maria (1924–2002)

By The Brazilian White Center – UNASP

×

The Brazilian White Center – UNASP is a team of teachers and students at the Brazilian Ellen G. White Research Center – UNASP at the Brazilian Adventist University, Campus Engenheiro, Coelho, SP. The team was supervised by Drs. Adolfo Semo Suárez, Renato Stencel, and Carlos Flávio Teixeira. Bruno Sales Gomes Ferreira provided technical support. The following names are of team members: Adriane Ferrari Silva, Álan Gracioto Alexandre, Allen Jair Urcia Santa Cruz, Camila Chede Amaral Lucena, Camilla Rodrigues Seixas, Daniel Fernandes Teodoro, Danillo Alfredo Rios Junior, Danilo Fauster de Souza, Débora Arana Mayer, Elvis Eli Martins Filho, Felipe Cardoso do Nascimento, Fernanda Nascimento Oliveira, Gabriel Pilon Galvani, Giovana de Castro Vaz, Guilherme Cardoso Ricardo Martins, Gustavo Costa Vieira Novaes, Ingrid Sthéfane Santos Andrade, Isabela Pimenta Gravina, Ivo Ribeiro de Carvalho, Jhoseyr Davison Voos dos Santos, João Lucas Moraes Pereira, Kalline Meira Rocha Santos, Larissa Menegazzo Nunes, Letícia Miola Figueiredo, Luan Alves Cota Mól, Lucas Almeida dos Santos, Lucas Arteaga Aquino, Lucas Dias de Melo, Matheus Brabo Peres, Mayla Magaieski Graepp, Milena Guimarães Silva, Natália Padilha Corrêa, Rafaela Lima Gouvêa, Rogel Maio Nogueira Tavares Filho, Ryan Matheus do Ouro Medeiros, Samara Souza Santos, Sergio Henrique Micael Santos, Suelen Alves de Almeida, Talita Paim Veloso de Castro, Thais Cristina Benedetti, Thaís Caroline de Almeida Lima, Vanessa Stehling Belgd, Victor Alves Pereira, Vinicios Fernandes Alencar, Vinícius Pereira Nascimento, Vitória Regina Boita da Silva, William Edward Timm, Julio Cesar Ribeiro, Ellen Deó Bortolotte, Maria Júlia dos Santos Galvani, Giovana Souto Pereira, Victor Hugo Vaz Storch, and Dinely Luana Pereira.

 

 

First Published: June 25, 2021

Maria Kudzielicz, enfermeira adventista pioneira e primeira diretora da Faculdade Adventista de Enfermagem (FAE) no Brasil, nasceu em 1924, na cidade de Pinsk, Polônia.1 Seus pais eram Kauvizina e Nicolau Kudzielcz, um casal polonês que emigrou para o Brasil em 1927.2 Maria graduou-se em 1945, na primeira turma de Enfermagem da Casa de Saúde Liberdade (hoje Hospital Adventista de São Paulo). A enfermagem adventista no Brasil teve início em 1942, quando o Dr. Galdino Nunes Vieira fundou a clínica denominacional no bairro da Liberdade, cidade de São Paulo. Em 1943, Frida Trefz o ajudou a abrir uma escola de enfermagem em convênio com a Cruz Vermelha brasileira. A maioria das aulas era ministrada por médicos na Casa de Saúde Liberdade.3

Os estudantes da primeira classe, graduados em 1945, eram Heloísa Waldvogel, Virgilina Maria Matos, Orsina de Carvallho, Vilma e Orlando Fabre, e Maria Kudzielicz. Com exceção do casal Fabre, as outras estudantes foram contratadas para trabalhar na clínica. Entretanto, alunos estrangeiros como Maria não puderam receber seu diploma até o fim da Segunda Guerra Mundial.4 Após sua graduação, Maria tornou-se a enfermeira chefe da clínica, sendo ela a primeira enfermeira formada no Brasil a assumir tal posição na Casa de Saúde Liberdade,5 na qual permaneceu até 1965. Nesse ínterim, em 1950, ela concluiu estudos de pós-graduação em administração hospitalar, e em 1960 se especializou em enfermagem obstetrícia.6 Realizou ambos os cursos na Universidade de São Paulo (USP).7

Em 1965, foi chamada para dar início à Faculdade Adventista de Enfermagem no Instituto Adventista de Ensino (hoje Centro Universitário Adventista de São Paulo),8 que se tornaria o primeiro curso de educação superior adventista a ser oficialmente reconhecido no Brasil.9 A participação de Maria foi decisiva para o desenvolvimento da nova faculdade; ela sabia que eram necessários mais professores e monitores de enfermagem para o seu funcionamento. Em 1966, outra professora, Ana de Lucca, foi contratada e, juntamente com Maria, foi enviada para estudar Educação e Didática Aplicada à Enfermagem, um curso de pós-graduação na USP. Com isso, ambas poderiam lecionar no primeiro ano acadêmico do curso.10

Enquanto Maria cursava a pós-graduação, e também devido à sua pouca experiência na área educacional, a professora Filomena Chiarelo Spera foi chamada para dirigir a Faculdade Adventista de Enfermagem em seus primeiros dois anos.11 Em 1968, deu-se início aos primeiros exames de admissão, porém as aulas não começaram até o ano seguinte. Devido à quantia limitada de adventistas no corpo docente, as aulas eram ministradas por professores de várias religiões, como a judaica e católica. Maria lecionava as aulas de Ética, e costumava discutir com seus alunos sobre como dar assistência espiritual a pacientes de outras denominações.12

Em 1970, Maria tornou-se diretora da Faculdade Adventista de Enfermagem, permanecendo nessa posição até 1977. Nesse ano, ela participou de um curso internacional de enfermagem em Tóquio, que teve a participação de mais de doze mil enfermeiros. Além disso, foi presidente da Associação Brasileira de Enfermagem de 1976 a 1980. Ao mesmo tempo, continuou servindo à rede de saúde adventista até 1979, quando precisou se aposentar devido a problemas de saúde. Apesar disso, mesmo aposentada, Maria continuou servindo em sua área ao oferecer cursos para grávidas.13

De 21 de outubro a 1º de novembro de 1992, ela participou de um seminário organizado pelo departamento de Saúde da Divisão Sul-Americana em Serra Negra, São Paulo. Nesse evento, houve um tributo na sexta-feira a pioneiros da área médica no Brasil.14 Maria faleceu em 2002,15 após 35 anos de serviço.16

Maria Kudzielicz prestou grande contribuição à Igreja Adventista do Sétimo Dia na área da saúde, ao liderar o primeiro curso de Enfermagem da IASD brasileira em 1965. Maria também prestou contribuição através da Casa de Saúde Liberdade, onde se graduou. Além disso, foi presidente da Associação Brasileira de Enfermagem por quatro anos. Ao longo dos seus 35 anos de serviço à Igreja Adventista, Maria foi uma pessoa que se importou com o próximo, e formou uma geração de enfermeiros para servir à igreja e outras instituições.

Referências

“Katarina Kudzielicz,” Revista Adventista, julho, 1988.

“Memórias de uma Enfermeira,” Revista Adventista, maio, 1984.

Kuntze, Tânia Denise, “Faculdade Adventista de Enfermagem: Memória Histórica, 1968-1998.” Tese doutoral, Universidade de São Paulo, 2010.

Lemos, Francisco, “Capelães realizam primeiro seminário,” Revista Adventista, dezembro, 1992.

Notas de Fim

  1. Tânia Denise Kuntze, “Faculdade Adventista de Enfermagem: Memória Histórica, 1968-1998” (tese doutoral, Universidade de São Paulo, 2010), 243; “Katarina Kudzielicz,” Revista Adventista, julho, 1988, 33.
  2. “Kudzielicz,” Revista Adventista, 33.
  3. Kuntze, 243; “Memórias de uma Enfermeira,” Revista Adventista, maio, 1984, 6.
  4. Kuntze, 213.
  5. Kuntze, 213.
  6. “Memórias,” Revista Adventista, 6.
  7. Kuntze, 213.
  8. “Memórias,” Revista Adventista, 6.
  9. Kuntze, 243.
  10. Kuntze, 240.
  11. Kuntze, 121, 122.
  12. Kuntze, 244, 245; “Memórias,” Revista Adventista, 7.
  13. “Memórias,” Revista Adventista, 7
  14. Francisco Lemos, “Capelães realizam primeiro seminário,” Revista Adventista, dezembro, 1992, 18, 19.
  15. Kuntze, 84.
  16. Lemos, 18, 19.
×

UNASP, The Brazilian White Center –. "Kudzielicz, Maria (1924–2002)." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. June 25, 2021. Accessed June 21, 2024. https://encyclopedia.adventist.org/article?id=4GK3.

UNASP, The Brazilian White Center –. "Kudzielicz, Maria (1924–2002)." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. June 25, 2021. Date of access June 21, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=4GK3.

UNASP, The Brazilian White Center – (2021, June 25). Kudzielicz, Maria (1924–2002). Encyclopedia of Seventh-day Adventists. Retrieved June 21, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=4GK3.