View All Photos

Southwest São Paulo Conference headquarters, 2013

Photo courtesy of Archives of Southwest São Paulo Conference, accessed on November 27, 2019, [http://bit.ly/2QZdKNt

Associação Paulista Sudoeste

By Hélio Coutinho Costa, and Samuel Wesley Pereira de Oliveira

×

Hélio Coutinho Costa

Samuel Wesley Pereira de Oliveira

First Published: October 19, 2021

A Associação Paulista Sudoeste (APSo) é uma unidade administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia, localizada no território da União Central Brasileira (UCB). Sua sede fica na Rua São Oswaldo Martins, nº 100, CEP 18045-490, no bairro Jardim Refúgio, cidade de Sorocaba, estado de São Paulo, Brasil.

O território da APSo abrange a porção sudoeste do estado de São Paulo1 e é responsável pelas regiões de Sorocaba, Hortolândia, Tatuí, Piracicaba, Indaiatuba, Avaré e Capão Bonito.2 Sorocaba, onde fica a sede, é a quarta região mais populosa do estado (precedida por Campinas, São José dos Campos e Ribeirão Preto) e a cidade mais populosa da região sul de São Paulo, com estimativa de 679.378 habitantes.3

O território cobre 101 cidades, com população total de aproximadamente 4.253.700 habitantes.4 Atualmente, a APSo atende 52 distritos pastorais, 183 igrejas, 128 grupos e 35.937 membros batizados. Há aproximadamente um adventista para cada 118 habitantes no território.5 Um total de 758 obreiros serve à igreja na região. Destes, 181 atuam diretamente na sede da instituição, sendo 79 funcionários, 30 obreiros, 59 pastores ordenados e 13 graduados em Teologia.6

A associação conta com sete instituições de educação básica, das quais cinco oferecem do ensino fundamental ao médio e, duas, da educação infantil ao ensino fundamental. São elas: Colégio Adventista de Hortolândia, na cidade de Hortolândia, com 1.004 alunos; Colégio Adventista de Itararé, em Itararé, com 440 alunos; Colégio Adventista de Piracicaba, em Piracicaba, com 1.005 alunos; Colégio Adventista de Sorocaba, em Sorocaba, com 1.096 alunos; Colégio Adventista de Tatuí, em Tatuí, com 860 alunos; Colégio Adventista de Indaiatuba, em Indaiatuba, com 753 alunos; e Escola Adventista de Porto Feliz, na cidade de Porto Feliz, com 372 alunos. Ao todo, são 5.530 alunos matriculados, 254 professores e 179 outros servidores.7

A associação também conta com um Centro de Treinamento Adventista (CTA) no município de Araçoiaba da Serra, com área de 368.314,64 metros quadrados, utilizado para eventos institucionais. Existem quatro centros da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA), que atuam nas cidades de Itaberá, Apiaí, Araçoiaba da Serra e Hortolândia, e ajudam a promover qualidade de vida em comunidades carentes.8

No território da APSo, estão localizadas três instituições bem conhecidas da Divisão Sul-Americana. Em Hortolândia, encontram-se um dos três campi do Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP) e a sede do Instituto Adventista de Tecnologia (IATec). Já na cidade de Tatuí, localiza-se a Casa Publicadora Brasileira (CPB).9

Origem da Obra Adventista no Território da Associação

O primeiro batismo adventista no Brasil aconteceu em abril de 1895, no rio Piracicaba, quando o Pastor Frank Westphal batizou Guilherme Stein Jr. Logo depois, ele foi para Indaiatuba, onde organizou a primeira Escola Sabatina em solo brasileiro.10

Em 1899, Rodolpho Zimmermann conheceu a mensagem adventista por ocasião da visita do Pastor Frederick Weber Spies à cidade de Itararé. Em janeiro de 1900, Spies batizou Zimmermann, que começou a pregar a mensagem adventista aos outros habitantes daquela região. Após essas primeiras iniciativas missionárias, em maio de 1902, a Missão Brasileira (atual Associação Rio de Janeiro) foi elevada ao status de associação, com 900 membros.11

Em fevereiro de 1906, Spies batizou 13 pessoas e organizou uma igreja com 36 membros em Itararé, que é considerada a terceira Igreja Adventista organizada em todo o estado de São Paulo. O Pastor Emilio Holze permaneceu na cidade para ajudar os novos membros e continuar evangelizando. Logo depois, a Associação Brasileira foi reorganizada e o campo missionário passou a ser administrado pela Missão Paulista.12

Em 1907, a sede da Casa Publicadora Brasileira mudou-se do sul do país para a cidade de Santo André, onde seus funcionários fundaram “a primeira igreja dentro das dependências da editora, a qual cresceu rapidamente”.13 Em 1913, as cidades de Itararé e Santo André passaram a ser os municípios com maior concentração de adventistas na Missão Paulista. Em 1922, a missão ganhou o status de associação. No ano seguinte, 193 pessoas foram batizadas. Na época, a União Sul Brasileira (atual União Central Brasileira) administrava a igreja no sul do Brasil (Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina) e no território de São Paulo.14

A Revolução de 1930 ocorreu quando adversários do presidente eleito, Júlio Prestes, alegaram fraude eleitoral. A revolta foi liderada por três estados da federação – Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraíba, e transformou drasticamente o cenário político do país. Essa situação afetou até mesmo as menores cidades, como Itararé.15

Em 4 de outubro de 1930, tropas militares começaram a chegar a Itararé. As lojas fecharam, as praças ficaram vazias e os soldados começaram a supervisionar as igrejas para ouvir o que era falado aos membros. Muitos moradores locais, incluindo adventistas, fugiram para cidades vizinhas. No dia 24 de outubro, os paulistas se renderam, e os que haviam fugido puderam voltar em segurança para suas casas.16

Naquela época, a Igreja Adventista do Sétimo Dia de Itararé ficava na Rua Rui Barbosa. O número de membros aumentou, e logo o prédio se tornou muito pequeno para continuar recebendo reuniões e cultos religiosos.17 Uma nova igreja foi construída em 1939, ao lado da escola adventista que ficava na Rua Ribas do Amazonas. Em 21 de setembro de 1939, a igreja foi consagrada a Deus. Logo depois, foi realizada uma campanha evangelística que durou ao menos 30 dias, com reuniões todas as noites.18

Em 1949, uma equipe de obreiros conduziu reuniões evangelísticas na cidade de Piracicaba. Os encontros aconteciam às terças, quintas, sábados e domingos, com público de aproximadamente 500 pessoas todas as noites. Em 29 de abril de 1950, 23 pessoas foram batizadas. Como resultado, foi organizada a primeira Escola Sabatina da cidade, com a participação de pelo menos 60 alunos, e a cada sábado mais pessoas interessadas chegavam para conhecer o projeto.19 Assim, aproximadamente 54 anos depois do primeiro batismo adventista no Brasil ter ocorrido em Piracicaba, um grupo de missionários impulsionou mais uma vez o movimento adventista na cidade.20

Até então, os cultos em Piracicaba eram realizados em pequenos salões alugados, já que os membros locais ainda não haviam conseguido dinheiro suficiente para comprar um terreno e construir uma igreja. Foi somente em 1965 que os adventistas na cidade conseguiram reunir recursos suficientes para comprar um terreno e começar a construção do templo. Em 1969, os membros passaram a usar o andar inferior do edifício e, em 1973, o andar superior. A cerimônia de dedicação da igreja ocorreu em 1975.21

Em 1977, a Associação Paulista se tornou a maior associação adventista do mundo, ultrapassando 50 mil membros. Com essa expansão significativa, os líderes concluíram que seria necessário “dividir para multiplicar”. Um novo campo teria melhores condições para atender a demanda da igreja no interior do estado. Nos dias 18 e 19 de setembro de 1977, foi votado dividir o campo missionário em dois. Como resultado, a Associação Paulista Leste foi estabelecida na cidade de São Paulo e, a Associação Paulista Oeste, em Campinas.22

Em 1985, o crescimento constante levou à reorganização do território, que ficou conhecido como União Central Brasileira. Então, em 1987, os líderes reorganizaram o campo das regiões leste e oeste de São Paulo, cujas mudanças foram oficializadas em 20 de dezembro de 1988. A divisão da região leste deu origem à Associação Paulista Sul (APS), e à divisão da região Oeste resultou na Associação Paulista Central (APaC), com sede em Campinas. A recém-criada Associação Paulista Oeste (APO) foi sediada na cidade de São José do Rio Preto.23

A expansão da igreja na Associação Paulista Central, que tinha 63 distritos pastorais, 402 congregações, 46.132 membros e uma população territorial de 8,7 milhões,24 fez a Igreja Adventista reconhecer mais uma vez a necessidade de melhorar a assistência às congregações e promover o evangelismo nas regiões centro e sudoeste de São Paulo. Tendo em mente as lições aprendidas em todas as mudanças e adaptações realizadas anteriormente, a denominação deu início a novos planos, colocados em prática em 2009.

História Organizacional da Associação

Em 8 de março de 2009, a Assembleia Denominacional Extraordinária da Associação Paulista Central se reuniu para propor a formação de uma nova sede administrativa na cidade de Sorocaba. Meses mais tarde, em 22 de novembro de 2009, aconteceu a Assembleia de Organização e Instalação da Associação Paulista Sudoeste, na qual foram indicados os administradores e líderes departamentais.25

A Associação Paulista Sudoeste iniciou suas atividades em 2010. Quando fundada, contava com 30 distritos pastorais, 22.789 membros batizados, 101 municípios e cerca de 3,9 milhões de habitantes em todo o território. Já existia algumas clínicas de saúde da denominação, como a Clínica Adventista de Hortolândia e a Unidade de Fisioterapia de Hortolândia. Além disso, já havia alguns centros de atendimento às crianças, como a Creche Bom Samaritano, em Apiaí; o Instituto de Formação e Assistência à Criança, em Itaberá; a Creche Vinde a Mim, em Hortolândia; e o Lar Infantil Vovó Josefina, em Araçoiaba da Serra.26

Quando criada, a Associação Paulista Sudoeste definiu como missão “alcançar todas as pessoas no território da APSo, inspirando e capacitando os membros de nossa igreja a pregar o evangelho, preparando-os para o retorno de Jesus”. A visão da instituição foi definida como “uma igreja fiel, unida em suas doutrinas e missão, conhecida e comprometida em servir à comunidade”.27

Inicialmente, a sede da Associação Paulista Sudoeste foi estabelecida em um prédio alugado em Sorocaba, localizado na Rua Caracas, nº 846, no bairro Jardim América. Contudo, em 9 de maio de 2011, foi iniciada a construção de uma sede permanente, com 4.070 metros quadrados, localizada na Rua Oswaldo Martins, nº 100, bairro Jardim Refúgio. O novo prédio foi inaugurado em 16 de maio de 2012.28

A cerimônia de inauguração da sede contou com a presença de Ted Wilson, presidente da Associação Geral; Erton Köhler, presidente da Divisão Sul-Americana; Domingos José de Sousa, presidente da União Central Brasileira; Aurelino Aurélio Ferreira, presidente da Associação Paulista Sudoeste; Jeremias de Sousa Silva, então secretário da associação; e Celestino José de Sousa, tesoureiro da associação. Eles foram acompanhados por Carlos Dornelles, engenheiro de projeto; Alessandra Maximiano, arquiteta; e a ex-proprietária do terreno, Dona Ivone, que fez questão de prestigiar o momento. Os participantes comemoraram o trabalho missionário empreendido para a construção da associação.29

Ao longo dos anos, a equipe da Associação Paulista Sudoeste tem trabalhado em parceria com a Divisão Sul-Americana nas iniciativas de pregação do evangelho. Em 15 de maio de 2010, os funcionários estiveram envolvidos no Impacto Esperança.30 Só em Tatuí, foram distribuídos 30 mil livros, 50 mil revistas e 5.500 peças de roupa. Cerca de 80 jovens participaram de uma campanha de doação de sangue na cidade.31

Por meio do Impacto Esperança, no mínimo 4.500 pessoas interessadas em estudar a Bíblia foram identificadas em Tatuí. No segundo semestre de 2010, a cidade realizou uma campanha evangelística com o objetivo de alcançar tais pessoas,32 em conjunto com outros projetos sociais, inclusive um curso antitabagismo. As expectativas iniciais foram superadas, atingindo a marca de 185 batismos, além de outras mil pessoas que participaram do curso oferecido.33  

Em junho de 2011, o projeto Supermissão foi realizado por jovens da região sudoeste de São Paulo. Os jovens de Sorocaba reformaram casas, pintaram cenas bíblicas em muros, fizeram uma marcha contra o fumo, distribuíram 25 mil livros, oito toneladas de alimento e 13 mil peças de roupa, plantaram árvores e doaram uma ambulância ao Hospital Infantil do Câncer. A ambulância foi adquirida com recursos arrecadados por meio da reciclagem de latas de alumínio (31 mil reais), além de uma doação feita pela associação.34 Outros projetos promovidos pela divisão e realizados pela APSo incluem o projeto Missão Calebe,35 Escola Cristã de Férias36 e Quebrando o Silêncio.37 A associação também ordenou seus primeiros pastores ao ministério, tendo como marco inicial a ordenação do Pastor Hilton de Oliveira Leite, em 26 de novembro de 2011.38

Em 6 de agosto de 2016, em Hortolândia, os líderes da Associação Paulista Sudoeste inauguraram a primeira Igreja Adventista Africana no Brasil. No início, a igreja tinha pelo menos 100 pessoas de oito nacionalidades diferentes. Esta é uma das muitas iniciativas missionárias multiculturais que acontecem no território da APSo.39

Algumas lições foram aprendidas ao longo da jornada da APSo. Com a reorganização do campo missionário e a criação de novas igrejas em novos distritos, emergiu uma nova perspectiva de crescimento estrutural, bem como tornou-se possível maior interação entre líderes e seguidores, nos níveis regional e local.40

Os líderes da Associação Paulista Sudoeste vão trabalhar para que as próximas divisões do campo missionário tenham equilíbrio em diversos indicadores, tais como dízimos e ofertas, distritos, igrejas, membros, instituições, e número de escolas e alunos. Um grande desafio para que esse progresso aconteça é promover o crescimento sólido com menos gastos e um número adequado de pastores e funcionários remunerados. É necessário maximizar os recursos, e o controle dos gastos é essencial.41 Apesar dos desafios que enfrenta, a APSo louva a Deus pelo crescimento que tem vivenciado.42

Cronologia dos Líderes Administrativos 43

Presidentes: Aurelino Aurélio Ferreira (2009-atual).

Secretários: Jeremias de Sousa Silva (2009-2013); Flávio Ferraz (2013-2014); Gilson Grudtner (2014-2018); Hélio Coutinho Costa (2019-atual).

Tesoureiros: Celestino José de Sousa (2009-atual).44

Referências

“A África é aqui.” Revista Adventista, setembro de 2016.

Alves, Charlise. “Alunos Unasp participam do ‘Atos 2012’.” Notícias Adventistas (Online), 23 de maio de 2012.

Associação Paulista Sudoestehttps://apso.adventistas.org/.

Associação Paulistana. https://ap.adventistas.org/.

Barbosa, José L. Silva. “História da IASD de Piracicaba.” Monografia, Instituto Adventista de Ensino, 1984.

Dados fornecidos na abertura da Associação Paulista Sudoeste e na agenda de planejamento anual de 2010.

Dados fornecidos na coleção Ministerial da Associação Paulista Sudoeste, 15 de abril de 2019.

Da Redação. “Aulas extras.” Revista Adventista, setembro de 2011.

Da Redação. “Da Amazônia à Albânia.” Revista Adventista, setembro de 2011.

Da Redação. “Eventos com propósito.” Revista Adventista, agosto de 2001.

Da Redação. “Festa Espiritual.” Revista Adventista, janeiro de 2011.

Da Redação. “Impacto Continental.” Revista Adventista, junho de 2010.

Igreja Adventista Central de Santo Andréhttp://www.iasdsantoandre.org.br/.

Jósimo, Mariana. “Atos 2012 Pentecostes Hoje.” Notícias Adventistas (Online), 8 de junho de 2012.

Quarteroli, Marco Alberto. “História do adventismo em Itararé.” Monografia, Instituto Adventista de Ensino, 1987.

Quebrando o Silênciohttp://quebrandoosilencio.org/.

Ramos, Ana Paula. “Estado de São Paulo terá nossa associação.” Revista Adventista, junho de 2009.

Rosa, Edson, ed. 100 anos: Conduzindo Vidas em São Paulo. Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2006.

“Região sudoeste paulista participa do Projeto Quebrando o Silêncio.” Notícias Adventistas (Online), 2 de setembro de 2018.

São Paulo. Sorocaba. Censo Brasileiro em 2018, IBGE. Acessado em 05 de dezembro, de 2019, https://www.ibge.gov.br/.

Seventh-day Adventist Yearbook [Anuário da IASD]. https://www.adventistyearbook.org/.

Seventh-day Adventist Yearbook. Hagerstown MD.: Review and Herald Publishing Association, 2011 and 2013.

Seventh-day Adventist Yearbook. Nampa, ID: Pacific Press Publishing Association, 2018.

Site da Igreja Adventista do Sétimo Dia (Brasil). http://www.adventistas.org/pt/

Site do IATEC. http://bit.ly/2MommwM.

Site do UNASPhttps://www.unasp.br/.

Notas de Fim

  1. Seventh-day Adventist Yearbook, “Southwest São Paulo Conference [Associação Paulista Sudoeste],” acessado em 9 de dezembro de 2019, http://bit.ly/38grM3L.
  2. Associação Paulista Sudoeste, “Igreja.” Acessado em 9 de dezembro de 2019, https://apso.adventistas.org/.
  3. Censo Brasileiro em 2019, Sorocaba, São Paulo, “População Estimada 2019,” IBGE. Acessado em 5 de dezembro de 2019, http://bit.ly/2DMXiZ2.
  4. Dados fornecidos pela secretária(o) da Associação Paulista Sudoeste, 10 de abril de 2019.
  5. Dados fornecidos pelo Sistema de Gestão da Igreja Adventista. Sistema de secretaria online da igreja, 10 de abril de 2019.
  6. Dados fornecidos pelo RH da Associação Paulista Sudoeste e pelo Sistema de Administração de Secretaria, 10 de abril de 2019.
  7. Dados fornecidos pelo departamento de Educação da Associação Paulista Sudoeste, 11 de abril de 2019.
  8. Dados fornecidos pela Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais da Associação Paulista Sudoeste, 10 de abril de 2019.
  9. Página inicial do site do IATec. Acessado em 18 de abril de 2019, http://bit.ly/2MommwM.
  10. Dados fornecidos por Luvercy Ferreira (responsável pela história da Igreja Adventista do Sétimo Dia na cidade de Itararé), 16 de abril de 2019.
  11. Ibid.
  12. Ibid.
  13. Igreja Adventista Central de Santo André Online, “Quem Somos.” Acessado em 2 de julho de 2019, http://bit.ly/2OQVOTY.
  14. Dados fornecidos por Luvercy Ferreira (responsável pela história da IASD na cidade de Itararé), 16 de abril de 2019.
  15. Marco Alberto Quarteroli, “História do Adventismo em Itararé,” Monografia, Instituto Adventista de Ensino, 1987, 19-20.
  16. Ibid., 20-22.
  17. Ibid.
  18. Ibid., 23-25.
  19. Joel Luis da Silva Barbosa, “História da IASD de Piracicaba,” (Monografia, Instituto Adventista de Ensino, 1984), 2-3.
  20. Edson Rosa, ed. 100 anos: Conduzindo Vidas em São Paulo, Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2006, 18.
  21. Ibid., 3-4.
  22. Associação Paulistana, “História da Associação Paulistana.” Acessado em 23 de maio de 2019, https://bit.ly/30SffQq.
  23. Idem; Edson Rosa, ed. 100 anos: Conduzindo Vidas em São Paulo (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2006), 97.
  24. Ana Paula Ramos, “Estado de São Paulo terá nova associação,” Revista Adventista, junho de 2009, 35.
  25. Dados fornecidos pelo(a) secretário(a) da Associação Central Paulistana, 10 de abril de 2019.
  26. “Southwest São Paulo Conference [Associação Paulista Sudoeste],” Seventh-day Adventist Yearbook. Hagerstown, MD.: Review and Herald Publishing Association, 2013, 269.
  27. Dados fornecidos na abertura da Associação Paulista Sudoeste e na agenda de planejamento anual de janeiro de 2010.
  28. Coleção do departamento de mídia e comunicação da APSo.
  29. Ibid.
  30. “O Impacto Esperança é um programa que incentive a leitura e prove distribuição anual em massa de livros por parte dos Adventistas do Sétimo Dia no território da Divisão Sul-Americana.“ Acessado em 9 de outubro, 2019, https://bit.ly/2WZNdzY.
  31. Da Redação, “Impacto Continental,” Revista Adventista, 10 de junho de 2010, 25.
  32. Ibid.
  33. Da Redação, “Festa Espiritual,” Revista Adventista, janeiro de 2011, 30.
  34. Da Redação, “Eventos com propósito,” Revista Adventista, agosto de 2011, 26.
  35. “O Projeto Missão Calebe é um programa voluntário, serviço social e testemunho que desafia os jovens adventistas a dedicarem suas férias ao evangelismo em lugares onde não há presença adventista, para fortalecer as congregações pequenas e conquistar novas pessoas para o reino de Deus.” Acessado em 9 de outubro de 2019, http://bit.ly/2HRpvRi; Da Redação, “Da Amazônia à Albânia,” Revista Adventista, setembro de 2011, 25.
  36. “A Escola Crista de Férias é um meio muito eficaz para evangelismo com as crianças. Elas são atraídas pelo programa alegre e diferenciado, cheio de atividades e de participação.” Acessado em 22 de janeiro de 2020, https://bit.ly/2ty0XIS.
  37. “Quebrando o Silêncio é um projeto educativo e de prevenção contra o abuso e a violência doméstica promovido anualmente pela Igreja Adventista do Sétimo Dia em oito países da América do Sul, (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai) desde o ano de 2002,” acessado em 9 de outubro de 2019, https://bit.ly/2HFxj8K; “Região sudoeste paulista participa do Projeto Quebrando o Silêncio,” Notícias Adventistas, 2 de setembro de 2018, acessado em 2 de junho de 2019, http://bit.ly/ 2MnzKRJ 
  38. Dados fornecidos pela coleção Ministerial da Associação Paulista Sudoeste, 15 de abril de 2019.
  39. “A África é aqui,” Revista Adventista, setembro de 2016, 9.
  40. Hélio Coutinho Costa (secretário da APSo), mensagem por e-mail para Carlos Flávio Teixeira (editor associado da ESDA), 27 de maio de 2019.
  41. Ibid.
  42. Ibid.
  43. “Southwest São Paulo Conference [Associação Paulista Sudoeste],” Seventh-day Adventist Yearbook (Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, 2011), 276; “Southwest São Paulo Conference [Associação Paulista Sudoeste],” Seventh-day Adventist Yearbook (Nampa, ID.: Pacific Press Publishing Association, 2018), 233. Para mais informações sobre todos os presidentes, secretários e tesoureiros, ver yearbooks [anuários] de 2011-2018.
  44. Mais informações sobre a APSo podem ser encontradas no site: apso.adventistas.org ou nas mídias sociais - Facebook: @PaulistaSudoeste, Instagram: @adventistasapso, Twitter: @apsonoticias e Youtube: Associação Paulista Sudoeste.
×

Costa, Hélio Coutinho, Samuel Wesley Pereira de Oliveira. "Southwest Sao Paulo Conference." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. October 19, 2021. Accessed February 21, 2024. https://encyclopedia.adventist.org/article?id=AIAP.

Costa, Hélio Coutinho, Samuel Wesley Pereira de Oliveira. "Southwest Sao Paulo Conference." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. October 19, 2021. Date of access February 21, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=AIAP.

Costa, Hélio Coutinho, Samuel Wesley Pereira de Oliveira (2021, October 19). Southwest Sao Paulo Conference. Encyclopedia of Seventh-day Adventists. Retrieved February 21, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=AIAP.