View All Photos

Shichiro Takatohi and his wife Elvira

Photo courtesy of Brazilian White Center - UNASP. 

Takatohi, Shichiro (1912–2005)

By The Brazilian White Center – UNASP

×

The Brazilian White Center – UNASP is a team of teachers and students at the Brazilian Ellen G. White Research Center – UNASP at the Brazilian Adventist University, Campus Engenheiro, Coelho, SP. The team was supervised by Drs. Adolfo Semo Suárez, Renato Stencel, and Carlos Flávio Teixeira. Bruno Sales Gomes Ferreira provided technical support. The following names are of team members: Adriane Ferrari Silva, Álan Gracioto Alexandre, Allen Jair Urcia Santa Cruz, Camila Chede Amaral Lucena, Camilla Rodrigues Seixas, Daniel Fernandes Teodoro, Danillo Alfredo Rios Junior, Danilo Fauster de Souza, Débora Arana Mayer, Elvis Eli Martins Filho, Felipe Cardoso do Nascimento, Fernanda Nascimento Oliveira, Gabriel Pilon Galvani, Giovana de Castro Vaz, Guilherme Cardoso Ricardo Martins, Gustavo Costa Vieira Novaes, Ingrid Sthéfane Santos Andrade, Isabela Pimenta Gravina, Ivo Ribeiro de Carvalho, Jhoseyr Davison Voos dos Santos, João Lucas Moraes Pereira, Kalline Meira Rocha Santos, Larissa Menegazzo Nunes, Letícia Miola Figueiredo, Luan Alves Cota Mól, Lucas Almeida dos Santos, Lucas Arteaga Aquino, Lucas Dias de Melo, Matheus Brabo Peres, Mayla Magaieski Graepp, Milena Guimarães Silva, Natália Padilha Corrêa, Rafaela Lima Gouvêa, Rogel Maio Nogueira Tavares Filho, Ryan Matheus do Ouro Medeiros, Samara Souza Santos, Sergio Henrique Micael Santos, Suelen Alves de Almeida, Talita Paim Veloso de Castro, Thais Cristina Benedetti, Thaís Caroline de Almeida Lima, Vanessa Stehling Belgd, Victor Alves Pereira, Vinicios Fernandes Alencar, Vinícius Pereira Nascimento, Vitória Regina Boita da Silva, William Edward Timm, Julio Cesar Ribeiro, Ellen Deó Bortolotte, Maria Júlia dos Santos Galvani, Giovana Souto Pereira, Victor Hugo Vaz Storch, and Dinely Luana Pereira.

 

 

First Published: July 26, 2021

Shichiro Takatohi, pastor e professor, nasceu em 11 de março de 1912, na cidade de Suhra, província de Nagano, Japão. Era filho de Kyubeye e Etsu Takatohi, que eram criadores do bicho da seda; por esse motivo, ele cresceu em um ambiente rural. Aos 17 anos de idade, em 1929, Takatohi se graduou do ensino médio pela escola de Kiso, também em Nagano.1

Em busca de melhores oportunidades, foi para Tóquio e se matriculou no instituto Rokkokai, que preparava jovens para a imigração ao Brasil. Desde a juventude, Takatohi se perguntava sobre o sentido da vida e o porquê da existência do ser humano. Certo dia, enquanto andava pelas ruas de Tóquio em busca de algo para preencher o vazio de seu coração, viu um pôster que anunciava uma série de palestras religiosas. Naquela tarde, foi à palestra e descobriu que não era conduzida por um pastor, mas por um homem com doutorado em Engenharia Mecânica. No entanto, as coisas que ouvira o deixaram impressionados e responderam a muitas de suas perguntas. Ao final da série, decidiu se tornar cristão e foi batizado.2

Ele emigrou para o Brasil em junho de 1932, desembarcando no porto de Santos. Dali, pegou um trem para uma cidade no interior de São Paulo, onde trabalhou em uma fazenda Rokkokai ao lado de outros imigrantes japoneses. Cerca de um ano e meio depois, se mudou para a capital de São Paulo a fim de aprender a língua portuguesa. Ali, ficou sabendo de uma escola adventista localizada no bairro de Santo Amaro, na época chamada Colégio Adventista Brasileiro (hoje Unasp-SP).3

O colégio era conhecido por aceitar muitos jovens japoneses que queriam aprender português. Após juntar recursos suficientes para bancar um ano de mensalidades, se matriculou no Colégio Adventista Brasileiro. Logo ficou admirado com o fato de os adventistas basearem todas as suas práticas religiosas e concepções na Bíblia e, seis meses depois, foi batizado na fé adventista pelo Pastor Domingos Peixoto (1935).4

Em seguida, Takatohi decidiu servir a Deus como pastor. Estudou Teologia de 1935 a 1939 e, no ano seguinte, começou a trabalhar como auxiliar de escritório na Associação Paulista. Em 1941, se tornou pastor do distrito de Itararé, estado de São Paulo, onde serviu até 1942.5

Nesse ínterim, em 30 de junho de 1941,6 Shichiro se casou com Elvira Echterhoff (1911-2003),7 que nasceu em lar adventista em Porto União, estado de Santa Catarina.8 Os Takatohis tiveram dois filhos: Jetro, que se graduou em Engenharia Civil pela Universidade de São Paulo, e Urias, que se tornou professor de Matemática e Física no Colégio Adventista Brasileiro. Ao todo, tiveram quatro netos: Daniel, Carla, Jônatas e Filipe.9

Durante a Segunda Guerra Mundial, a Associação Paulista pensou ser melhor não ter funcionários que fossem cidadãos das potências do Eixo; sendo assim, devido à nacionalidade japonesa, Takatohi foi dispensado de suas funções. Shichiro foi então trabalhar no campo a fim de se sustentar, contando com a ajuda de adventistas bondosos que lhe deram um pedaço de terra e uma casa simples no meio do pasto. Os Takatohis viveram ali por três anos. Além de trabalhar na agricultura, ele também conduziu séries evangelísticas sobre o livro do Apocalipse e princípios de saúde.10

Ao término da guerra, a igreja pediu a Shichiro para retornar à obra como preceptor e gerente da fazenda do Instituto Rural Adventista do Nordeste (futuro ENA) em Belém de Maria, Pernambuco. Ao chegar à cidade de Recife em 1945, as autoridades locais o detiveram e prenderam por suspeita de atividades subversivas. Após algum tempo, finalmente ficaram convencidos de sua inocência.11

Ele foi preceptor nesse colégio até 194912 e gerente da fazenda até 1953.13 Além disso, serviu como professor de 1947 a 1954 das seguintes matérias: matemática, apicultura, Bíblia, inglês, desenho e ciências.14 Em 1955, aceitou o chamado para trabalhar no Instituto Teológico Adventista (hoje IPAE), localizado na cidade de Petrópolis, estado do Rio de Janeiro,15 onde lecionou matemática, ciências e Bíblia até 1962.16

Em seguida, Takatohi se mudou para São Paulo, onde serviu como professor de matemática no Colégio Adventista Brasileiro de 1963 a 1978.17 Nesse período, a liderança o ordenou ao ministério em 1963.18 Também participou do departamento de estatística do colégio, ao lado do diretor e dos professores Nevil Gorski, Júlio Azevedo e Roberto Azevedo.19

Após 35 anos de ministério, Shichiro Takatohi se aposentou em 1978, aos 66 anos de idade.20 Em seguida, se estabeleceu com a esposa em Tatuí, estado de São Paulo,21 onde Takatohi dedicava tempo ao cultivo de um orquidário e de uma horta, como também à apicultura. Além disso, desenvolveu seus talentos musicais ao treinar flauta, que havia começado a aprender quando jovem, no Japão.22 Sua esposa faleceu em abril de 2003,23 e ele faleceu dois anos depois, em setembro de 2005, aos 93 anos de idade, na cidade de São Paulo.24

Shichiro Takatohi tem importância histórica para a Igreja Adventista do Sétimo Dia como um dos primeiros pastores adventistas japoneses no Brasil. Apesar das várias adversidades, ele deixou um legado de humildade e fé como pastor, gerente de fazenda e professor de diversas disciplinas por 35 anos.

Referências

“II Congresso de Japoneses.” Revista Adventista, fevereiro, 1976. Acessado em 26 de novembro, 2018. http://acervo.revistaadventista.com.br/capas.cpb

“Aposentado e feliz.” Revista Adventista, janeiro, 1992. Acessado em 26 de novembro, 2018. http://acervo.revistaadventista.com.br/capas.cpb.

“Bodas de Ouro.” Revista Adventista, agosto, 1991. Acessado em 26 de novembro, 2018. http://acervo.revistaadventista.com.br/capas.cpb.

“Elvira Echterhoff Takatohi.” Revista Adventista, abril, 2003. Acessado em 26 de novembro, 2018. http://acervo.revistaadventista.com.br/capas.cpb.

Hosokawa, Elder, and Haller Schuneman. “A Conversão de Imigrantes Japoneses no Brasil à Igreja Adventista do Sétimo Dia.” Revista de Estudos da Religião, setembro, 2008. Acessado em 5 de abril, 2020, https://www.pucsp.br/rever/rv3_2008/i_hosokawa.pdf

“Pioneiros–Contribuição dos Primeiros Pastores Japoneses Adventistas,” Revista Adventista Network (Online).

Roberto C. Azevedo. “Grupo de Estatística.” Revista Adventista, fevereiro, 1971.

“Shichiro Takatohi.” Revista Adventista, setembro, 2005. Acessado em 26 de novembro, 2018. http://acervo.revistaadventista.com.br/capas.cpb.

Scichiro Takatohi. “Uma Voz de Advertência.” Revista Adventista, junho, 1942. Acessado em 4 de abril, 2020, https://acervo.cpb.com.br/ra

Seventh-day Adventist Yearbook. Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1950-1978.

Notas de Fim

  1. Takatohi, Scichiro, “Uma Voz de Advertência,” Revista Adventista, junho, 1942, 29; “Aposentado e feliz,” Revista Adventista, janeiro, 1992, 5; “Shichiro Takatohi,” Centro Nacional da Memória Adventista, 25 de setembro, 2013, acessado em 26 de novembro, 2018, http://www.memoriaadventista.com.br/wikiasd/index.php?title=Shichiro_Takatohi.
  2. “Aposentado e feliz,” Revista Adventista, janeiro, 1992, 5; Elder Hosokawa e Haller Schuneman, “A Conversão de Imigrantes Japoneses no Brasil à Igreja Adventista do Sétimo Dia,” Revista de Estudos da Religião, setembro, 2008, 101-125.
  3. “Aposentado e feliz,” Revista Adventista, janeiro, 1992, 5; Elder Hosokawa e Haller Schuneman, “A Conversão de Imigrantes Japoneses no Brasil à Igreja Adventista do Sétimo Dia,” Revista de Estudos da Religião, setembro, 2008, 101-125; “Shichiro Takatohi,” Centro Nacional da Memória Adventista, 25 de setembro, 2013, acessado em 26 de novembro, 2018, http://www.memoriaadventista.com.br/wikiasd/index.php?title=Shichiro_Takatohi.
  4. Ibid.
  5. “Aposentado e feliz,” Revista Adventista, janeiro, 1992, 5; “Shichiro Takatohi,” Centro Nacional da Memória Adventista, 25 de setembro, 2013, acessado em 26 de novembro, 2018, http://www.memoriaadventista.com.br/wikiasd/index.php?title=Shichiro_Takatohi.
  6. “Bodas de Ouro,” Revista Adventista, agosto, 1991, 29
  7. “Elvira Echterhoff Takatohi,” Revista Adventista, abril, 2003, 26.
  8. Ibid.
  9. “Bodas de Ouro,” Revista Adventista, agosto, 1991, 29.
  10. “Aposentado e feliz,” Revista Adventista, janeiro, 1992, 5.
  11. “Pioneiros–Contribuição dos Primeiros Pastores Japoneses Adventistas,” Revista Adventista Network, acessado em 5 de abril, 2020, http://www.revistaadventista.com.br/wp-content/uploads/pages/07/pioneiros.html
  12. “Northeast Brazil Rural Institute,” Seventh-day Adventist Yearbook (Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1946), 253; “Northeast Brazil Rural Institute,” Seventh-day Adventist Yearbook(Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1950), 278.
  13. “Northeast Brazil Rural Institute,” Seventh-day Adventist Yearbook (Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1946), 253; “Northeast Brazil Rural Institute,” Seventh-day Adventist Yearbook(Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1954), 273.
  14. “Northeast Brazil Rural Institute,” Seventh-day Adventist Yearbook (Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1948), 257; “Northeast Brazil Rural Institute,” Seventh-day Adventist Yearbook(Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1955), 224.
  15. “Aposentado e feliz,” Revista Adventista, janeiro, 1992, 5; “East Brazil Academy,” Seventh-day Adventist Yearbook (Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1956), 209.
  16. “East Brazil Academy,” Seventh-day Adventist Yearbook (Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1962), 269.
  17. “Brazil College,” Seventh-day Adventist Yearbook (Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1964), 274; “Brazil College,” Seventh-day Adventist Yearbook (Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1978), 329; “Aposentado e feliz,” Revista Adventista, janeiro, 1992, 5.
  18. “East Brazil Union Mission,” Seventh-day Adventist Yearbook (Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1963), 180; “South Brazil Union Conference,” Seventh-day Adventist Yearbook (Washington, D.C.: Review and Herald Publishing Association, 1964), 202.
  19. Roberto C. Azevedo, “Grupo de Estatística”, Revista Adventista, fevereiro, 1971, 32.
  20. “Aposentado e feliz,” Revista Adventista, janeiro, 1992, 5.
  21. “Bodas de Ouro,” Revista Adventista, agosto, 1991, 29.
  22. “Aposentado e feliz,” Revista Adventista, janeiro, 1992, 6.
  23. “Elvira Echterhoff Takatohi,” Revista Adventista, abril, 2003, 26.
  24. “Shichiro Takatohi,” Revista Adventista, setembro, 2005, 36.
×

UNASP, The Brazilian White Center –. "Takatohi, Shichiro (1912–2005)." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. July 26, 2021. Accessed February 29, 2024. https://encyclopedia.adventist.org/article?id=CGQ3.

UNASP, The Brazilian White Center –. "Takatohi, Shichiro (1912–2005)." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. July 26, 2021. Date of access February 29, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=CGQ3.

UNASP, The Brazilian White Center – (2021, July 26). Takatohi, Shichiro (1912–2005). Encyclopedia of Seventh-day Adventists. Retrieved February 29, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=CGQ3.