View All Photos

Parana Adventist College (IAP) Ellen G. White Study Center

Photo courtesy of Parana Adventist College Archives.

Centro de Estudos Ellen G. White do Instituto Adventista Paranaense (Brasil)

By Rodolfo Figueiredo de Sousa

×

Rodolfo Figueiredo de Sousa lives in the State of Goiás, Brazil. He holds a degree in theology, languages and history from Brazil Adventist University. For a time he served as a writing assistant on the editorial team of the Encyclopedia of Seventh-day Adventists at the South American Division.

First Published: November 27, 2021

O Centro de Estudos Ellen G. White do Instituto Adventista Paranaense é um centro certificado que se dedica a estudar o legado literário de Ellen G. White e a história da Igreja Adventista do Sétimo Dia no sul do Brasil. A instituição está localizada no território missionário da União Sul Brasileira (USB) e é supervisionada pelo Patrimônio Literário Ellen G. White (em inglês, Ellen G. White Estate Incorporated) e pelo departamento de Espírito de Profecia da Divisão Sul-Americana. O Centro de Estudos funciona no Instituto Adventista Paranaense (IAP), localizado na Rodovia PR-317 (Maringá-Campo Mourão), quilômetro 119-Glebe Paiçandu, lote 80, CEP 87130-000, zona rural da cidade de Ivatuba, no estado do Paraná, Brasil.

O Centro de Estudos tem o propósito de fortalecer as igrejas adventistas locais e as unidades educacionais administradas pela União Sul Brasileira por meio da promoção do estudo, disseminação e conservação da herança literária da escritora e profetisa Ellen G. White. O centro também apoia 38 minicentros White no território da USB.1 Além disso, o centro se dedica, sempre que possível, a catalogar e divulgar a história da Igreja Adventista do Sétimo Dia na região sul brasileira. Assim como os outros Centros de Estudos Ellen G. White no Brasil, o centro do IAP é apoiado pelo Centro de Pesquisas Ellen G. White, com sede no Centro Universitário Adventista de São Paulo, campus Engenheiro Coelho (Unasp-EC).2

Origens

O estado do Paraná, onde o Centro de Estudos está localizado, faz parte da região sul do país.3 A colonização dessa região, o avanço econômico do estado, bem como o progresso da obra adventista foram incentivados pela construção da ferrovia São Paulo-Paraná. Foi por meio da emigração em trens que os primeiros adventistas, que vieram do interior de São Paulo, chegaram ao estado do Paraná. A educação adventista naquela região teve início no final do século 19, quando o Colégio Internacional de Curitiba foi criado (atual Colégio Curitibano Adventista do Bom Retiro).4

Outros avanços aconteceram nessa região, e outras escolas adventistas foram fundadas no sul brasileiro. Em 1935, uma escola foi estabelecida no município de Benedito Novo, no estado de Santa Catarina, na divisa sul com o Paraná. Essa instituição levou o mesmo nome da cidade onde foi sediada (Colégio Benedito Novo),5 e oferecia o ensino fundamental.6 No entanto, com o passar do tempo, devido a algumas dificuldades, o Colégio Benedito Novo teve que fechar as portas.7

Em vista disso, planos foram feitos para estabelecer uma nova instituição de ensino adventista na região. As famílias Colaço e Stingelim Linhares decidiram doar para a Igreja um pedaço de terra localizado no estado do Paraná, próximo à divisa com Santa Catarina, na cidade de Lapa, distrito de Butiá do Colaços. Nesse local, em 1939, foi fundada uma escola conhecida como Educandário Adventista de Butiá (EAB).8 Contudo, o EAB sofreu por diversas vezes com inundações nas estradas, causadas pelo transbordamento do rio Negro, o que tornava o acesso à escola muito difícil. Por isso, a direção da escola, tendo em vista que os prédios eram feitos de madeira, decidiram desmontar a escola e transportá-la de trem para a cidade de Curitiba, no Paraná, em novembro de 1947. Em 1950, a escola passou a funcionar com um novo nome: Ginásio Paraná-Santa Catarina. Mais tarde, em 1964, à medida que a escola crescia e novos cursos foram adicionados ao seu currículo, ela passou a se chamar Instituto Adventista Paranaense.9

O local onde o IAP está localizado hoje, a 25 quilômetros da cidade de Maringá, foi adquirido em 8 de novembro de 1973.10 A mudança de endereço ocorreu devido à desapropriação da propriedade onde funcionava, na capital do estado, para construção da cidade industrial de Curitiba.11 A pedra fundamental do IAP foi lançada em 12 de agosto de 1974, no endereço atual da instituição, na Rodovia PR-317, quilômetro 119-Glebe Paiçandu, lote 80, na cidade de Ivatuba, estado do Paraná. Algum tempo após a mudança, surgiu a ideia de instalar um minicentro White na instituição, e logo os primeiros planos foram feitos para colocar essa ideia em prática. O objetivo desse minicentro era ajudar a região sul do país com relação ao acesso e disseminação de livros e outros materiais escritos por Ellen G. White.12

Os materiais da autora correspondem mais de cinco mil artigos e 49 livros escritos ao longo de sua vida. Os temas tratados são: Bíblia, família, educação, publicações, saúde, evangelismo, entre outros.13 Ela recebeu ajuda de assistentes literárias que revisavam a gramática e ortografia dos textos manuscritos, que posteriormente eram datilografados e, se aprovados, seriam assinados por ela, autorizando a publicação. Com a morte de Ellen G. White em 16 de julho de 1915, a custódia de tais documentos foi confiada ao Patrimônio Literário Ellen G. White. Desde então, essa instituição tem sido a única autorizada a compilar, traduzir, imprimir e autorizar a publicação de conteúdo do patrimônio literário de Ellen White.14

Com o propósito de fortalecer os membros adventistas em todo o mundo, o Patrimônio White incentivou a inauguração de escritórios locais, chamados Centros de Pesquisa Ellen G. White. Hoje, existem 21 Centros de Pesquisa desse nível em atuação entre as 13 Divisões da Igreja Adventista do Sétimo Dia, que funcionam ligados diretamente com o Patrimônio White.15 O Brasil foi o décimo país autorizado a criar um Centro de Pesquisas fora dos Estados Unidos. Assim, foi fundado o Centro de Pesquisas Ellen G. White no Brasil, inaugurado em 6 de dezembro de 1987, no Instituto Adventista de Ensino (atual Unasp-EC). Mais tarde, os minicentros White começaram a ser instalados e os Centros de Estudos Ellen G. White foram criados no Brasil (como é o caso do Centro de Estudos do IAP).16

Fundação

O IAP, onde o Centro de Estudos está situado, passou a oferecer educação de nível superior em 2001 e, em 2004, um espaço dentro da biblioteca da escola foi dedicado para o funcionamento do minicentro Ellen G. White. A partir daquele momento, a instituição passou a adquirir os materiais necessários para organizar e obter o reconhecimento como um Centro de Estudos. Os responsáveis pelo projeto foram o então diretor geral do IAP e o tesoureiro. Pouco depois, com a mobília e todos os livros de Ellen G. White necessários para a certificação, o minicentro White do IAP foi inaugurado em 21 de outubro de 2004. Na época, o acervo tinha 437 livros.17

O propósito do minicentro era oferecer conhecimento mais aprofundado sobre a história da Igreja, bem como sobre os escritos de Ellen G. White. Desde a sua inauguração, todos podem ter acesso a esses conteúdos e suas fontes, incluindo a comunidade acadêmica e membros da igreja local. A ideia é que todos possam aprofundar seus conhecimentos bíblicos e proféticos, a fim de auxiliar no crescimento e avanço da obra missionária da Igreja.18 O minicentro White do IAP começou seu trabalho sendo classificado como nível um. Em geral, os minicentros podem ser classificados em até três níveis. Para alcançar o nível um, é necessário dispor de um acervo literário com todos os livros de Ellen White já publicados, incluindo livros que são compilações temáticas, livros originais e devocionais, bem como livros escritos por outros autores que são considerados relevantes no contexto da Igreja Adventista. Os níveis dois e três agregam ainda mais bibliografias dessa natureza.19

História

Algum tempo depois da inauguração, junto com o crescente número de pessoas interessadas em visitar o minicentro, o local também recebeu cada vez mais volumes de autoria de Ellen G. White. Os investimentos feitos permitiram que, em 26 de fevereiro de 2006, o minicentro do IAP pudesse ser classificado como nível três. Quando esse certificado foi obtido, o acervo já tinha um total de 876 volumes, incluindo livros, CDs, DVDs, revistas e outros documentos.20 O minicentro foi reinaugurado posteriormente em outra localização, em 23 de novembro de 2013. Isso aconteceu quando a instituição passou por uma mudança de status, passando a se chamar “Centro de Estudos Ellen G. White do IAP.”21

A classificação como Centro de Estudos Ellen G. White baseia-se em diferentes critérios em relação aos requisitos para a abertura de Centros de Pesquisa ou minicentros. Os processos, avaliações e aprovações para a criação de um Centro de Estudos no território brasileiro são definidos pelo Patrimônio Literário Ellen G. White nos Estados Unidos e pelo Centro de Pesquisas Ellen G. White do Brasil. Além dos materiais disponíveis em um minicentro, o Centro de Estudos também fornece a maioria dos “materiais históricos essenciais originalmente disponíveis apenas em um Centro de Pesquisa.” Assim, as principais diferenças entre um Centro de Pesquisa e um Centro de Estudos são que o último não inclui os manuscritos inéditos de Ellen G. White, e todos os fundos para sua manutenção são de responsabilidade da própria instituição.22

Devido à implementação da faculdade de Teologia do IAP, em 2014,23 o minicentro teve que atender, além das expectativas de um certificado nível três, a pesquisa acadêmica direcionada à área de teologia adventista. Foi então que novos investimentos foram feitos, novos livros foram importados e o local recebeu uma doação de documentos e publicações da Divisão Sul-Americana. Além do arquivo renovado, novas mobílias foram feitas sob medida. “Cerca de dezoito mil páginas do ‘Arquivo Diretório’ do Patrimônio Literário Ellen G. White foram impressas, que foram catalogadas e arquivadas fisicamente. Por fim, um arquivo digital foi criado com esses documentos, totalizando 5.684 documentos, disponíveis pela rede intranet do IAP.”24

Mais tarde, em 9 de agosto de 2016, o novo prédio da biblioteca do IAP foi inaugurado e, desde aquele ano, o Centro de Estudos tem funcionado naquele local, com um ambiente mais preparado que inclui nova mobília e novos equipamentos. E as melhorias continuaram. O Centro de Estudos passou por outras mudanças estruturais no início de 2017. Novas estantes foram adquiridas, tornando possível a reorganização dos arquivos na biblioteca do IAP. Parte dos materiais foram realocados a fim de mantê-los preservados, facilitando a compreensão e o uso adequado pelos alunos.25

Desde a sua fundação, o Centro de Estudos recebe visitas técnicas anuais de alunos do ensino fundamental do IAP. Essas visitas incluem uma exposição e explicação do funcionamento e propósito da instituição. Com o intuito de incentivar visitas e pesquisas no Centro de Estudos, palestras e programas especiais são realizados nas igrejas adventistas em toda região circunvizinha. O Centro de Estudos do IAP também realiza diversas atividades relacionadas ao evangelismo, como a promoção do Plano de Leitura da Bíblia junto com a leitura dos livros do Espírito de Profecia; colaboração no Concurso do Livro Patriarcas e Profetas, realizado no IAP; e a promoção e participação no projeto “Eu conheço minha história,”26 disponibilizando diversos materiais que ajudam os participantes a conhecerem mais sobre a história da Igreja Adventista do Sétimo Dia.27

O acervo atual tem 2.610 volumes, além de centenas de CDs, DVDs, revistas, artigos compilados, fotografias e outros documentos. Quando há eventos relacionados ao Espírito de Profecia e à história adventista, o Centro de Estudos empresta documentos históricos e fornece assistência às igrejas da região. A instituição também promove exposições da Bíblia em várias versões e línguas durante a Semana Bíblica, que faz parte do calendário escolar do IAP.28

Perspectiva

Desde a sua fundação, todas as atividades realizadas pelo Centro de Estudos têm ajudado a preservar os valores adventistas e o compromisso com a verdade revelada por Deus e, portanto, tem contribuído para o cumprimento da missão adventista em sua esfera. Firme nesse propósito, o objetivo da instituição é continuar estimulando a leitura e a pesquisa dos escritos de Ellen G. White como uma contribuição para que mais pessoas tenham acesso às verdades bíblicas e sejam alcançadas pela mensagem da salvação. Além disso, o centro também visa continuar ajudando a preservar a história do adventismo como forma de apoiar a preservação de sua identidade e missão.29

Para esse propósito, o Centro de Estudos continuará colecionando documentos históricos, institucionais e importantes para a igreja local, bem como preservando objetos e documentos que já estão em seus arquivos hoje. Entre os principais objetivos futuros para melhorar ainda mais seu desempenho estão: definir os métodos de disseminação, uso e empréstimo do acervo para a comunidade adventista local; criar um espaço no site da biblioteca do IAP para promover o Centro de Estudos; fornecer mais visibilidade de informações relevantes para o centro; e proporcionar acesso online a documentos digitais que podem ser inseridos na página da web com a permissão apropriada para download.30

Lista31

Nomes oficiais

Minicentro de Pesquisa EGW (2004-2013); Centro de Estudos Ellen G. White do Instituto Adventista Paranaense (2013-atual).

Diretores

Adilson A. Pavan (2004-atual).

Referências

Barbosa, Areli. “Trabalho da História da Igreja Adventista do Sétimo Dia.” Monografia, Instituto Adventista de Ensino, 1984.

Centro de Pesquisas Ellen G. Whitehttp://www.centrowhite.org.br/.

Costa, Marcio (professor do SALT-IAP). Carlos Alberto Blotz, mensagem de e-mail para Carlos Flavio Teixeira (editor assistente da ESDA), 16 de dezembro de 2019.

Cunha, Laedis Sebastião da. “Instituto Adventista Paranaense na Atual Sede em Ivatuba.” Monografia, Instituto Adventista de Ensino, 1986.

Divisão Sul-Americana, Eu conheço minha história. Divisão Sul-Americana, 2011.

Educação Adventistahttps://www.educacaoadventista.org.br/.

Ellen G. White Estatehttps://whiteestate.org/.

“Ex-diretor relembra o IAP.” Revista Adventista, nº 11, ano 86, novembro de 1990, 19.

Gross, Renato. Instituto Adventista Paranaense: Uma história em três tempos (1939-2009). Ivatuba, PR: Instituto Adventista Paranaense, 2009.

Instituto Adventista Paranaense. http://iap.org.br/.

ISAE Escola de Negócios. “40 anos AECIC – João Casillo.” Vídeo. Documentário, 28 de abril de 2017. Acessado em 7 de junho de 2019. https://bit.ly/2w68yPz.

Paraná. 2018 Censo Brasil. Nível Geográfico. IBGE, acessado em 6 de fevereiro de 2020, https://bit.ly/3bdbWbw.

Perez, Carolina. “Instituto Adventista Paranaense celebra 75 anos de história.” Notícias Adventistas (Online), 20 de outubro de 2014.

Ribeiro, Julio Cesar (assistente do Centro de Pesquisas Ellen G. White). Mensagem de e-mail para o autor, 9 de dezembro de 2019.

Ribeiro, Paulo Sérgio. “Centro de Estudos Ellen G. White é inaugurado no Instituto Adventista Paranaense.” Notícias Adventistas (Online), 27 de novembro de 2013.

Silva, Joel Lucas da. “I.A.P. Você o Conhece?.” Monografia, Instituto Adventista de Ensino, 1984.

Silva, Milena Vieira da. “Centro White Brasil 20 anos: preservando a memória adventista.” Monografia, Centro Universitário Adventista de São Paulo, campus Engenheiro Coelho, 2007.

Notas de Fim

  1. Julio Cesar Ribeiro (assistente do Centro de Pesquisas Ellen G. White), mensagem de e-mail para o autor, 9 de dezembro de 2019.
  2. Centro de Pesquisas Ellen G. White,“Histórico e Objetivos,” acessado em 9 de janeiro de 2020, https://bit.ly/2TeBMWd; Marcio Costa (professor do SALT-IAP), mensagem de e-mail para Carlos Flavio Teixeira (editor assistente da ESDA), 16 de dezembro de 2019.
  3. Censo Brasileiro de 2018, Paraná, nível geográfico do Paraná - 41, Área Territorial, IBGE, acessado em 6 de fevereiro de 2020, https://bit.ly/3bdbWbw.
  4. Educação Adventista, “Nossa História,” acessado em 23 de junho de 2020, https://bit.ly/2ASqZu3.
  5. Carolina Perez, “Instituto Adventista Paranaense celebra 75 anos de história” https://bit.ly/2KuiiXo.
  6. Instituto Adventista Paranaense, “Nossa História,” acessado em 25 de novembro de 2017, https://bit.ly/2vGypNU.
  7. “Ex-diretor relembra o IAP,” Revista Adventista, nº 11, ano 86, novembro de 1990, 19.
  8. Areli Barbosa, “Trabalho da História da Igreja Adventista do Sétimo Dia,” Monografia, Instituto Adventista de Ensino, 1984, 4.
  9. Joel Lucas da Silva, “I.A.P. Você o Conhece?,” Monografia, Instituto Adventista de Ensino, 1984, 9.
  10. Laedis Sebastião da Cunha, “Instituto Adventista Paranaense na Atual Sede em Ivatuba,” Monografia, Instituto Adventista Paranaense, 1986, 6, 7.
  11. ISAE Escola de Negócios, “40 anos AECIC – João Casillo,” vídeo documentário, 28 de abril de 2017, acessado em 7 de junho de 2019, https://bit.ly/2w68yPz.
  12. Renato Gross, Instituto Adventista Paranaense: Uma história em três tempos (1939-2009), Ivatuba, PR: Instituto Adventista Paranaense, 2009, 128.
  13. Centro de Pesquisas Ellen G. White, “Biografia,” acessado em 29 de janeiro de 2020, https://bit.ly/2Gxybee.
  14. Ellen G. White Estate, “About The White Estate” [Sobre o Patrimônio White], acessado em 29 de janeiro de 2020, https://bit.ly/2GxfAPl.
  15. Centro de Pesquisas Ellen G. White, “Descrição do Projeto Minicentros White,” acessado em 29 de janeiro de 2020, https://bit.ly/2Gv27HM.
  16. Milena Vieira da Silva, “Centro White Brasil 20 anos: preservando a memória adventista,” Monografia, Centro Universitário Adventista de São Paulo, campus Engenheiro Coelho, 2007, 21-23.
  17. Marcio Costa (professor do SALT-IAP), mensagem de e-mail para Carlos Flavio Teixeira (editor assistente da ESDA), 16 de dezembro de 2019.
  18. Centro de Pesquisas Ellen G. White, “Descrição do Projeto Minicentros White,” acessado em 29 de janeiro de 2020, https://bit.ly/2Gv27HM.
  19. Julio Cesar Ribeiro (assistente do Centro de Pesquisas Ellen G. White), mensagem de e-mail para o autor, 9 de dezembro de 2019.
  20. Marcio Costa (professor do SALT-IAP), mensagem de e-mail para Carlos Flavio Teixeira (editor assistente da ESDA), 16 de dezembro de 2019.
  21. Paulo Sérgio Ribeiro, “Centro de Estudos Ellen G. White é inaugurado no Instituto Adventista Paranaense,” Notícias Adventistas, 27 de novembro de 2013, acessado em 11 de maio de 2020, https://bit.ly/2xU8y6H.
  22. Renato Stencel (diretor do Centro de Pesquisas Ellen G. White), mensagem de WhatsApp para Willian Silvestre (assistente de redação da ESDA), 12 de maio de 2020.
  23. Carolina Perez, “Instituto Adventista Paranaense celebra 75 anos de história,” Notícias Adventistas, 20 de outubro de 2014, acessado em 12 de junho de 2019, https://bit.ly/2KuiiXo.
  24. Julio Cesar Ribeiro (assistente do Centro de Pesquisas Ellen G. White), mensagem de e-mail para o autor, 9 de dezembro de 2019.
  25. Marcio Costa (professor do SALT-IAP), mensagem de e-mail para Carlos Flavio Teixeira (editor assistente da ESDA), 16 de dezembro de 2019.
  26. “O projeto ‘Eu conheço minha história’ [...] tem como objetivo principal fazer com que os jovens adventistas entendam que a igreja a que pertencem está enraizada na história do povo de Deus.” Divisão Sul-Americana, Eu conheço minha história, Divisão Sul-Americana, 2011, 7.
  27. Marcio Costa (professor do SALT-IAP), mensagem de e-mail para Carlos Flavio Teixeira (editor assistente da ESDA), 16 de dezembro de 2019.
  28. Ibid.
  29. Ibid.
  30. Ibid.
  31. Ibid.
×

Sousa, Rodolfo Figueiredo de. "Ellen G. White Study Center of Parana Adventist College (Brazil)." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. November 27, 2021. Accessed June 13, 2024. https://encyclopedia.adventist.org/article?id=CIFS.

Sousa, Rodolfo Figueiredo de. "Ellen G. White Study Center of Parana Adventist College (Brazil)." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. November 27, 2021. Date of access June 13, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=CIFS.

Sousa, Rodolfo Figueiredo de (2021, November 27). Ellen G. White Study Center of Parana Adventist College (Brazil). Encyclopedia of Seventh-day Adventists. Retrieved June 13, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=CIFS.