View All Photos

Current North Rio Grande do Sul Conference headquarters.

Photo courtesy of North Rio Grande do Sul Conference Archives, accessed on May 21, 2020, https://bit.ly/2XxewTV.

Associação Norte-Sul-Rio-Grandense

By Lucas Vítor Alves Rodrigues Sena, and Renato Gross

×

Lucas Vítor Alves Rodrigues Sena

Renato Gross

First Published: January 8, 2022

A Associação Norte-Sul-Rio-Grandense (ANSR) é uma unidade administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Brasil que faz parte da União Sul-Brasileira (USB). Sua sede fica na Av. Pedro Adams Filho, nº 3224, CEP 93410-038, no bairro da Pátria Nova, na cidade de Novo Hamburgo, no estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

Território e Estatísticas

A ANSR abrange as regiões norte e nordeste do estado do Rio Grande do Sul e o Vale dos Sinos, no mesmo estado. Em 2019, havia 207 municípios e população estimada de 3.095.181 habitantes nesse território. Nessa data, a Igreja Adventista estava presente em 85 dos municípios da região e atendia 21.220 membros e 247 congregações, das quais 146 são igrejas e 101, grupos. A média em 2019 era de um adventista por 146 habitantes. As igrejas da ANSR estão organizadas em 38 distritos pastorais a fim de servir os membros e promover o avanço da obra adventista da melhor maneira possível.1

Há sete escolas adventistas no território da ANSR: 1) Escola Adventista de Alvorada, na cidade de Alvorada, com 778 alunos; 2) Escola Adventista de Canudos, em Novo Hamburgo, com 410 alunos; 3) Adventista de Erechim, com 181 alunos; 4) Colégio Adventista de Esteio, em Esteio, com 820 alunos; 5) Colégio Adventista de Gravataí, em Gravataí, com 1.766 alunos; 6) Colégio Adventista de Novo Hamburgo, em Novo Hamburgo, com 522 alunos; e 7) Instituto Adventista Cruzeiro do Sul (IACS), em Taquara, com 1.427 alunos. Em 2020, ao todo, 5.904 estudantes eram atendidos pela rede de educação adventista nessa região do Brasil.2

A TV Novo Tempo atua no território da Associação Norte-Sul-Rio-Grandense como forte aliada na pregação do evangelho. Os programas de TV são transmitidos nas cidades de Erechim, Ronda Alta, Três Coroas, Passo Fundo, Carazinho e Novo Hamburgo. Estima-se que cerca de um milhão de pessoas nessas seis cidades são alcançadas pela mensagem adventista transmitida pela TV Novo Tempo.3

Em 2020, a ANSR contava com um total de 112 funcionários. Destes, 57 são pastores.4

A Origem da Obra Adventista no Território da Associação

A história da obra adventista no território da Associação Norte-Sul-Rio-Grandense começa no início da década de 1890, quando o adventismo chegou ao Brasil. Guilherme Frederico Kümpel, um adventista alemão que imigrou para essa parte do Brasil em 1895, é considerado o pioneiro adventista da região. Logo após sua chegada, uma pequena capela de madeira foi construída em um lugar chamado Não-Me-Toque, no município de Lagoa dos Três Cantos. Em 1898, uma escola também foi estabelecida naquele local. Até hoje, a região é conhecida popularmente como "Boa Vista do Guilherme”. A sede da ANSR está localizada atualmente em Novo Hamburgo, a cerca de 280 km de Não-Me-Toque.5

Em meados da década de 1890, toda uma comunidade batista foi convertida ao adventismo em Ijuí, a cerca de 130 km de Não-Me-Toque.6 Em novembro de 1897, o pastor pioneiro Huldreich Ferdinand Graf estabeleceu uma Igreja Adventista em Ijuí – a primeira Igreja Adventista organizada no estado do Rio Grande do Sul.  Um mês depois, a segunda Igreja Adventista foi estabelecida em Santa Cruz do Sul. No ano seguinte (1898), o Pastor Graf batizou 41 pessoas em Passo Fundo e, em outubro do mesmo ano, uma igreja foi organizada em Não-Me-Toque. Assim, a primeira e a terceira igrejas adventistas organizadas no estado do Rio Grande do Sul estão atualmente localizadas no território da Associação Norte-Sul-Rio-Grandense.7

Desse ponto em diante, a mensagem adventista se disseminou rapidamente na região. Em 1904, para atender às necessidades da comunidade adventista crescente, os líderes adventistas decidiram organizar uma unidade administrativa que, hoje, é conhecida como Associação Sul-Rio-Grandense (ASR). A sede da nova associação ficava na fazenda onde o então Colégio Missionário de Taquari fora estabelecido,8 no município de Taquari, interior do Rio Grande do Sul. Uma vez que tanto a sede da associação quanto a escola ficavam na mesma propriedade, a associação recebeu o nome de Sociedade Escolar dos Adventistas do Sétimo Dia do estado do Rio Grande do Sul.9

Em 1913, a sede da associação foi transferida de Taquari para Porto Alegre, e a escola adventista em Taquari foi fechada. Enquanto isso, a obra adventista avançava no norte do estado. Em 1915, pequenos grupos de adventistas foram estabelecidos em Novo Hamburgo, Erechim, Taquara e São Leopoldo.10 Em 1920, o Pastor Augusto Rockel organizou duas congregações na região de Palmeira das Missões.11 Outro marco para a obra adventista naquele território aconteceu em 1927, quando uma Igreja Adventista foi organizada em Erechim, que cerca de dois anos mais tarde possuía 53 membros.12

O final da década de 1920 testemunhou um grande avanço da obra adventista no estado do Rio Grande do Sul. Em 1927, o Pastor Abraham Classen Harder realizou uma série de conferências bíblicas na cidade de Taquara, onde várias famílias adventistas, incluindo a famosa família Bergold, já residiam. O Pastor Harder compartilhou a mensagem em alemão por haver uma grande comunidade de origem teutônica naquela cidade. Harder contou com o apoio dos pastores alemães Otto Keppke, Siegfried Hoffmann e Huldreich F. Graf. A série teve início em 7 de dezembro de 1927, e cerca de 400 pessoas participaram das reuniões diariamente.13 No ano seguinte, o Pastor Harder comprou com seus próprios recursos uma fazenda em Taquara que pertencia aos Bergolds. Ali, juntamente com sua esposa Mary, fundou o Colégio Cruzeiro do Sul, atualmente conhecido como Instituto Adventista Cruzeiro do Sul (IACS). Em seus primeiros anos, o colégio não era administrado pela Igreja, mas todos os seus professores eram adventistas.14

Durante a década de 1930, a educação adventista progrediu naquela região. Além do Colégio Cruzeiro do Sul, que oferecia ensino fundamental e médio, havia também escolas primárias adventistas nos municípios de Ijuí e Esteio. Em 1937, a escola de Esteio, então dirigida pela professora Lucy Scheffel, já atendia 35 crianças, 29 das quais eram filhos de famílias não adventistas.15 Nesse mesmo ano, a escola de Ijuí já era considerada uma escola de referência para os adventistas no Rio Grande do Sul e para a União Sul Brasileira, devido à sua infraestrutura.16

Durante a década seguinte, a mensagem adventista avançou em outros lugares do Rio Grande do Sul. Por exemplo, em Passo Fundo, em 1942, o Pastor Araceli Melo e Eugênio Weidle realizaram uma série de conferências bíblicas durante seis semanas. Como resultado, no final da série, cerca de 50 pessoas se interessaram pela mensagem adventista.17 Após seu encerramento, visitas e estudos bíblicos continuaram sendo oferecidos, e uma Escola Sabatina foi criada com mais de 80 membros em Passo Fundo. Mais tarde, outras 12 pessoas foram batizadas.18 Os adventistas de Passo Fundo se reuniam inicialmente em salões alugados e mais tarde, em 1950, foi colocada a pedra fundamental do novo edifício da igreja. As obras duraram dois anos, e o templo adventista de Passo Fundo foi inaugurado em 20 de setembro de 1952.19

Nos anos seguintes, o adventismo foi consolidado em outros municípios, tais como Novo Hamburgo. Embora essa cidade já tivesse um pequeno grupo de adventistas desde 1910, a obra adventista não teve progresso significativo ali até cerca de 40 anos depois. Em 1953, Antônio José Francisco e sua família, que eram adventistas, estabeleceram-se no interior de Novo Hamburgo, no bairro de Canudos. Antônio começou a pregar sobre o retorno de Cristo a seus vizinhos e a outras pessoas da comunidade. Não demorou muito para que as primeiras pessoas interessadas na mensagem adventista aparecessem. Como resultado do trabalho daquele pioneiro adventista, em 1956, já havia um grupo de 93 pessoas que se reuniam todos os sábados para adorar a Deus.20

Em 9 de abril de 1960, o Pastor Enoch de Oliveira, auxiliado por um grupo de obreiros bíblicos, iniciou uma série de conferências no bairro de Petrópolis, considerado uma comunidade de classe média-alta em Novo Hamburgo.21 A série de conferências bíblicas resultou na criação de uma nova comunidade adventista naquele bairro. Como fruto das séries do Pastor Enoque, o número de inscrições na Escola Sabatina da igreja de Novo Hamburgo aumentou de 93 para 160 participantes.22 Em 26 de dezembro de 1964, foi inaugurado o edifício da Igreja Adventista de Petrópolis, na época o maior edifício da Igreja Adventista no estado do Rio Grande do Sul.23

O Pastor Arno Köhler realizou uma nova série de conferências bíblicas na região de Novo Hamburgo em setembro de 1966. Dessa vez, o trabalho foi concentrado no bairro de Canudos. A série foi realizada em parceria com a Escola Radiopostal24 do programa "A Voz da Profecia”.25 Durante dois sábados, os membros adventistas de Novo Hamburgo distribuíram convites no bairro de Canudos para participar da Escola Radiopostal. No terceiro sábado, 200 pessoas foram inscritas nesse curso bíblico. Um mês depois, teve início a série bíblica do Pastor Köhler. Como resultado dessas iniciativas evangelísticas, uma nova congregação adventista foi estabelecida na cidade de Novo Hamburgo.26

Grupos adventistas também foram organizados na cidade turística de Gramado. Em 1968, os administradores da Associação Sul-Rio-Grandense visitaram a cidade em busca de terrenos para a construção da Igreja Adventista.27 A fundação de novas congregações contribuiu para o sucesso do crescimento da obra adventista no Rio Grande do Sul. Em 1970, já existiam 20 distritos pastorais no estado, incluindo cidades como Novo Hamburgo, Taquara, Passo Fundo e o distrito do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul.28 Somente na cidade de Taquara, por exemplo, já existiam quatro igrejas adventistas, além da igreja do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul.29

Durante a década de 1970, uma das frentes missionárias mais proeminentes foi o programa A Voz da Profecia. As pessoas que eram convidadas a ouvir o programa também recebiam o convite para se inscrever no curso bíblico gratuito da Escola Radiopostal.  Os diretores da Voz da Profecia, em conferências e missões, visitavam os participantes da Escola Radiopostal interessados na mensagem adventista e convidavam a comunidade para assistir à série de estudos bíblicos. Esse método de compartilhar o evangelho era bem-sucedido. Por exemplo, uma série de conferências bíblicas foi realizada com êxito em Alvorada e Gramado, que até aquele momento ainda não tinham presença adventista.30 Além disso, buscou-se alcançar as cidades que ainda possuíam apenas alguns poucos membros adventistas, como Gravataí.31 Durante 1976 e 1977, o Pastor Wilmar Borba realizou uma série de conferências bíblicas em Gravataí, que resultou em vários batismos e na criação de uma igreja adventista com 75 membros na cidade.32 Em setembro de 1978, mais uma série foi realizada nos municípios de Vacaria e Sapiranga.33 Outra cidade alcançada pela mensagem adventista na época foi Igrejinha, considerada um forte reduto luterano, localizada a 14 quilômetros de Taquara. Nessa cidade, o trabalho evangelístico foi desenvolvido pelos estudantes do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul que, a cada sábado, iam àquela região para distribuir folhetos adventistas e oferecer estudos bíblicos.34

Em 1980, outro município alcançado pela pregação da mensagem adventista foi Parobé, localizado a cerca de nove quilômetros de Taquara. Nesse município, a obra adventista começou graças ao envolvimento dos membros da Igreja de Taquara, ao lado de estudantes e professores do Instituto Adventista Cruzeiro do Sul. Com o tempo, foram feitos contatos com os interessados em conhecer a mensagem adventista, e uma pequena igreja foi estabelecida em Parobé.35

No final de 1981, foi inaugurada uma igreja adventista na cidade de Sapucaia do Sul. Até aquele ano, essa era a única cidade da região metropolitana de Porto Alegre sem presença adventista. Uma das ferramentas utilizadas para a evangelização daquela cidade foi o programa “Como Parar de Fumar,”36 conduzido pelos doutores Lutero Renck, Elias Morshe e Jair Oliveira. Após o programa de saúde, o Pastor Aldrovando Araújo realizou uma série de conferências bíblicas, com participação média de 400 pessoas todos os dias.37 Logo, uma igreja adventista foi inaugurada em Porto Alegre com cerca de 160 pessoas matriculadas na Escola Sabatina e 110 membros batizados.38

Os membros leigos sempre têm levado a mensagem adventista para novos lugares. Por exemplo, em outubro de 1981, Carlos, Euclides Sá e Amilton Menezes, membros da Igreja Miraguaí, começaram a transmitir um programa de rádio chamado "A Voz da Mocidade”. O programa era transmitido na rádio do município de Tenente Portela e alcançou ouvintes tanto no Rio Grande do Sul como no estado de Santa Catarina, e até mesmo na Argentina. O programa apresentava música, jogo de perguntas bíblicas e lições do curso bíblico chamado "Encontro com a Vida”. Ainda em seu primeiro ano de atividades, "A Voz da Mocidade" obteve bons resultados, com o batismo de 17 novos membros.39 Ao constatar os êxitos obtidos através do programa de rádio, Amilton Menezes criou a Rede Maranata de Programas de Rádio em 1985, que contava com a participação dos jovens adventistas da região.40

A educação adventista foi outra frente missionária que contribuiu para o rápido crescimento da Igreja na década de 1980. Por exemplo, em fevereiro de 1987, foi inaugurado o novo prédio da Escola Adventista de Novo Hamburgo, atualmente denominada Colégio Adventista de Novo Hamburgo. O edifício estava em construção desde 1981 e, quando foi inaugurado, foi considerado "o mais belo entre os edifícios escolares da cidade”.42

Em novembro de 1989, a Associação Sul-Rio-Grandense realizou sua 36ª Assembleia Trienal na cidade de Santa Maria. Naquele ano, a Associação Sul-Rio-Grandense contou com 32.500 membros adventistas e 285 igrejas. No entanto, pelo menos 187 municípios do interior do estado, principalmente no norte e noroeste, ainda não contavam com presença adventista. Mesmo assim, a Igreja Adventista estava em constante crescimento. Devido à distância do interior do estado à capital, Porto Alegre (onde estava localizada a sede da associação), foi necessário o estabelecimento de uma nova unidade administrativa para gerir o trabalho em outra parte do estado. Na 36ª Assembleia da Associação Sul-Rio-Grandense, os delegados votaram em favor de solicitar à União Sul Brasileira e à Divisão Sul-Americana que considerassem a reorganização do campo missionário do Rio Grande do Sul.43

A década de 1990 começou com uma grande ênfase na Missão Global44 no Rio Grande do Sul. Várias cidades e bairros de cidades grandes foram alcançados pela mensagem adventista. Em Novo Hamburgo, por exemplo, em 1992, 100 pessoas foram batizadas no bairro Santo Afonso, na zona sul da cidade. Até então, não havia presença adventista no local, onde foi implantada uma igreja. O bairro de Vila Vistal, no distrito pastoral de Canudos, em Novo Hamburgo, também foi evangelizado durante a mesma campanha evangelística em 1992. Ali, uma congregação de aproximadamente 150 pessoas foi organizada, que se reunia em um salão alugado.45

Em 1992, a Associação Sul-Rio-Grandense adquiriu uma estação de rádio na cidade de Sapiranga. Devido à sua localização privilegiada, a rádio pôde alcançar uma vasta área, incluindo as cidades mais próximas a Porto Alegre.46 Em novembro de 1993, o Lar Adventista Infantil de Palmeira das Missões foi inaugurado nessa cidade. O orfanato funcionava sob a direção da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais47 e foi gerido pela Igreja até 2014, quando passou a estar sob a jurisdição do município de Palmeira das Missões.48

A década de 1990 também foi marcada por vários progressos na área da educação adventista. Em 26 de junho de 1994, por exemplo, foi inaugurado o novo edifício do Colégio Adventista de Esteio, que na época atendia um total de 820 alunos do ensino fundamental e médio. Desde então, essa escola, fundada em 1929, tem uma área de 2.500 m² e conta com salas de aula, bibliotecas, salas administrativas, ginásios poliesportivos, um auditório e um conservatório musical. Com a nova estrutura, o Colégio Adventista de Esteio era, na época, a maior escola do campo da Associação Sul-Rio-Grandense.49

História Organizacional da Associação

As muitas inaugurações de igrejas, escolas e outras instituições adventistas no estado do Rio Grande do Sul evidenciaram o sucesso do crescimento da Igreja Adventista nessa parte do Brasil. Em 1993, o campo atingiu a marca de 33.708 membros,50 número que aumentou para 34.841 em 1994.51 No final de 1995, havia 35.806 adventistas na região. No entanto, o crescimento da Igreja estava concentrado em certas regiões do estado, e havia muitos municípios no Rio Grande do Sul sem presença adventista. Isso tornou urgente a necessidade de se criar uma nova unidade administrativa no estado.52

Durante a 38ª Assembleia Trienal da Associação Sul-Rio-Grandense, realizada entre 20 e 23 de dezembro de 1995, foi criada a Missão Ocidental Sul-Rio-Grandense (MOSR), no estado do Rio Grande do Sul. Os pastores José Elias Zanotelli e Wilson Hanelt foram eleitos presidente e secretário-tesoureiro da nova missão.53 A Missão Ocidental Sul-Rio-Grandense foi oficialmente estabelecida em 26 de fevereiro de 1996.

No início das atividades dessa nova unidade administrativa, havia 7.657 adventistas em seu território, reunidos em 92 congregações, organizados em 13 distritos pastorais. Naquela região, trabalhavam 33 colportores evangelistas,54 havia 14 clubes de Desbravadores55 e 904 alunos nas escolas adventistas. Na época, a Igreja Adventista já estava presente em 179 cidades. A primeira sede da nova Missão ficava na rua Benjamin Constant, nº 790, bairro do centro do município de Ijuí.56

Desde a sua criação, a Missão Ocidental Sul-Rio-Grandense tem estado totalmente engajada na missão adventista, especialmente com as iniciativas para alcançar cidades e bairros onde não há presença adventista. Em 1996, um dos projetos destinados ao alcance das cidades foi o "Missão Global 2000,” que envolvia cada pastor de distrito e sua equipe. Através desse projeto, várias cidades sem presença adventista foram alcançadas, incluindo, por exemplo, os municípios de Crissiumal, Santa Maria, Santa Rosa, Guarani das Missões e Alegrete. O trabalho evangelístico foi liderado pelas igrejas com o auxílio da Missão, que forneceu folhetos, convites, cartazes, Bíblias, cursos bíblicos e equipamentos multimídia.57 Em 1996, foram feitos planos para que, pelo menos, 74 cidades fossem alcançadas pela Igreja até o ano 2000.58

Os resultados dessas campanhas começaram a dar os primeiros frutos no ano seguinte (1997), quando a Missão informou que 807 pessoas foram batizadas até o final de 1996. Os líderes da Missão Ocidental Sul-Rio-Grandense também se concentraram em outras frentes evangelísticas, incluindo a educação adventista. Um exemplo foi a construção do novo prédio da Escola Adventista de Erechim, em 1997.59

Em 2005, a sede da Missão Ocidental Sul-Rio-Grandense foi transferida para a Rua Barão do Rio Branco, nº 489, centro de Ijuí. Naquela época, a Missão tinha 8.918 membros e 35 igrejas organizadas.60 Em 2 de abril de 2006, mais de 600 pessoas das 19 regiões que compunham a Missão Ocidental Sul-Rio-Grandense encheram o Teatro Municipal da cidade de Santo Ângelo para participar de um programa chamado "Reencontro”.61 Os membros, que participaram da jornada espiritual de 40 dias de oração nas madrugadas (de fevereiro a abril), reuniam-se para louvor e testemunhos. Essa iniciativa ajudou a fortalecer ainda mais a Igreja em sua missão de pregar o evangelho e, nesse mesmo ano, duas novas igrejas foram criadas, nos bairros de Alto da Boa Vista e Jóquei, na cidade de Santa Maria.62

Em 2006, a liderança da Missão também promoveu um projeto intitulado "PODER,” que foi elaborado com o objetivo de incentivar os adventistas da região a se envolverem mais no evangelismo. O nome do projeto se referia a cinco iniciativas diferentes: Pequenos grupos,63 Oração intercessora, Duplas missionárias, Evangelismo público e Reuniões de classes bíblicas.64 Além desse projeto, durante a década de 2000, o programa Escola Missionária foi promovido como parte do projeto PODER. Esse programa começou a ser posto em prática em 2009, com a participação de mil membros leigos, incluindo 600 instrutores bíblicos e 400 líderes de pequenos grupos.65 Ao longo da década, iniciativas como essas deram frutos, de modo que a Missão Ocidental Sul-Rio-Grandense tinha 10.015 membros no início de 2010.66

Em novembro de 2012, a sede da Missão Ocidental Sul-Rio-Grandense foi transferida para a Rua São Cristóvão, nº 618, no bairro de Hammarston, em Ijuí.67 Para acomodar o crescimento da Igreja Adventista na região, em 27 de agosto de 2017, a comissão diretiva da União Sul Brasileira votou a proposta de reorganização da Missão Ocidental Sul-Rio-Grandense e a enviou para a Divisão Sul-Americana. A Divisão aprovou a proposta durante seu Conselho Anual, em 3-7 de novembro de 2017.68

A reorganização permitiu que a Missão Ocidental Sul-Rio-Grandense passasse a atender os municípios do norte e noroeste do Rio Grande do Sul, bem como a região do Vale do Sinos. O nome da missão foi alterado para Missão Norte-Sul-Rio-Grandense em 4 de maio de 2018.69 A sede administrativa foi transferida para a Rua Pedro Adams Filho, nº 3224, bairro da Pátria Nova, na cidade de Novo Hamburgo.70

Apesar das mudanças administrativas, a Missão manteve o foco na pregação do evangelho. Em 2018, a mensagem adventista foi pregada em mais de 700 locais durante a Semana Santa. No mesmo ano, durante o projeto Impacto Esperança,71 mais de 328 mil livros missionários foram distribuídos gratuitamente.72 Além disso, a Caravana da Esperança73 passou por quatro cidades: Alvorada, Gravataí, Passo Fundo e Taquara, levando milhares de pessoas a ouvir as verdades do evangelho.74

Além das campanhas evangelísticas, a Missão mantém outros programas comunitários. Em abril de 2019, por exemplo, inaugurou o centro de influência "Espaço Vida e Saúde,” com o objetivo de proporcionar à comunidade cuidados com a saúde física, mental e espiritual. O centro está localizado na Rua Bento Gonçalves, nº 1426, em Novo Hamburgo, e oferece serviços como massagem terapêutica, Pilates e terapia familiar. Nesse centro de influência, também são oferecidos cursos de treinamento em diversas áreas, como aulas de Língua Brasileira de Sinais, musicoterapia, aulas de culinária saudável e aulas de língua inglesa.75

A Missão tem bons clubes de Aventureiros76 e Desbravadores para crianças e jovens da Igreja, a fim de guiá-los no serviço a Deus.77 Entre 14 e 16 de junho de 2019, o "Instacamp"78 – um Campori através do Instagram – foi realizado com o tema “Conectados com Cristo”. Ele contou com a participação de 36 líderes de clubes e 71 desbnravadores.79

Em abril de 2019, a liderança da Missão lançou a pedra fundamental de uma nova sede administrativa na esquina entre as ruas 5 de abril e 25 de julho, nº 46, na cidade de Novo Hamburgo. A nova sede e outros projetos buscam atender às crescentes demandas da obra adventista na região. Em 24 de novembro de 2019, durante a primeira Assembleia Quadrienal da Missão Norte-Sul-Rio-Grandense, a Missão recebeu o status de Associação, juntamente com um novo nome – Associação Norte-Sul-Rio-Grandense.80

Os planos futuros da Associação Norte-Sul-Rio-Grandense incluem alcançar muitos municípios em seu território ainda sem presença adventista, expandir o trabalho nas cidades mais populosas do interior com pequena presença adventista e consolidar a obra em toda a região. Além disso, os planos para os próximos anos também envolvem projetos de construção, entre eles a conclusão das reformas das escolas de Alvorada e Esteio, o início da construção das novas instalações do Colégio Adventista de Novo Hamburgo e a conclusão da nova sede administrativa da Associação. A Associação Norte-Sul-Rio-Grandense permanece firme em seu compromisso de "levar a Igreja a agir em conformidade com a vontade de Deus”.81

Cronologia dos Líderes Administrativos82

Presidentes: José Elias Zanotelli (1996-2000); Ênio dos Santos (2000-2004); Moisés Mattos (2004-2006); Ilson Arlei Geisler (2006-2010); Elieser Canto Vargas (2010-atual).

Secretários: Wilson Hanelt (1996-1997); Demir Dener di Berardino (1998-2002); Jose Pinto Garcia (2003-2005); Valdilho Quadrado (2006); Jose Pinto Garcia (2007-2008); Sandro Rogerio Fagundes (2009); Valdilho Quadrado (2010); Derli Agostin (2011); Alex Oliveira Palmeira (2012); Elieser Ramos (2013-2019); Walter Teixeira de Lima (2019-atual).

Tesoureiros: Wilson Hanelt (1996-1997); Demir Dener di Berardino (1998-2002); Iva Batista de Souza (2003-2005); Marlon de Souza Lopes (2006); Josias Souza da Silva (2007-2008); Elton Otero Bueno (2009); Davi Contri (2010); Elton Otero Bueno (2011-2012); Everson Teixeira Braga (2013-2014); Joao Rodrigues Ortiz Jr (2015-2019); Harlei Queiroga (2019-atual).83

Referências

“ADRA cumpre maratona de inaugurações na União Sul.” Revista Adventista, n. 1, ano 90, janeiro de 1994.

Associação Norte-Sul-Rio-Grandensehttp://ansr.adventistas.org/

Bagattini, Rafaela. “Palmeira das Missões – Município unirá menores do Lar Adventista e Cesbo.” Diário RS (Online), 10 de abril de 2014.

Bertotti, Fabiana. “Direto nas fontes.” Revista Adventista, n. 1266, ano 108, (novembro de 2013).

Bertotti, Fabiana, editora. 100 Anos de Fé, Pioneirismo e Missão. Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2006.

Cardoso, Ivo Santos. “Concílios e Inaugurações Marcam Progresso Gaúcho.” Revista Adventista, n. 10, ano 73 (outubro de 1978): 23.

“Centro Educacional.” Revista Adventista, n. 2, ano 83 (fevereiro de 1987).

“Congresso mostra resultados do projeto ‘Poder’ na MOSR.” Revista Adventista, n. 11, ano 101, novembro de 2006.

Da redação. “Comissão diretiva vota mudança de nomenclatura e status da sede adventista para o norte do RS.” Notícias Adventistas (Online), 7 de maio de 2018.

“Divisão justificada.” Revista Adventista, n. 7, ano 93, julho de 1997.

“Educação na Sul-Rio-Grandense.” Revista Adventista, n. 6, ano 83 (fevereiro de 1987), 24.

“Emissora de rádio é o destaque.” Revista Adventista, n. 8, ano 88, agosto de 1992.

“Escola de Esteio é a maior do Rio Grande.” Revista Adventista, n. 8, ano 90, agosto de 1994.

“Evangelismo, Mordomia Cristã e Ministério da Saúde.” Prossigo Para o Alvo: Associação Norte-Sul-Rio-Grandense – I Assembleia Quadrienal, 2015-2019.

Fonseca, Alexandre Brasil. “Muito Além do Sábado: o pioneirismo adventista na mídia eletrônica religiosa.” Revista de Estudos da Religião, ano 8 (setembro de 2008).

Fonseca, Odailson, editor. 100 Anos de Fé, Pioneirismo e Ação. Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2006.

“Fotos e Acontecimentos.” Revista Adventista, n. 9, ano 76, setembro de 1981.

“Gaúchos alargam fronteiras.” Revista Adventista, n. 7, ano 88, julho de 1992.

“Gaúchos celebram os 85 anos da Obra Adventista.” Revista Adventista, n. 1, ano 86, janeiro de 1990.

“IACS Evangeliza Arredores.” Revista Adventista, n. 12, ano 74, dezembro de 1979.

“Jovens, Música, Comunicação, Universitários.” Prossigo Para o Alvo: Associação Norte-Sul-Rio-Grandense – I Assembleia Quadrienal, 2015-2019.

“Jovens Usam Rádio Para Evangelismo.” Revista Adventista, n. 12, ano 78, dezembro de 1983.

Köhler, Arno H. “Evangelismo Público em Novo Hamburgo.” Revista Adventista, n. 8, ano 62 (agosto de 1967).

Köhler, Arno H. “Penetração no Rio Grande do Sul.” Revista Adventista, n. 8, ano 72 (agosto de 1977).

Köhler, Arno H. “Rádio e Evangelismo.” Revista Adventista, n. 7, ano 68 (julho de 1973).

“Lançado Projeto Missão Global 2000.” Revista Adventista, n. 7, ano 92, julho de 1996.

Leitzke, Waldemar. “A Mão Divina Não Está Encolhida.” Revista Adventista, n. 10, ano 60 (outubro de 1965).

Link, Edegar. Mensagem de e-mail para Renato Gross, 9 de novembro de 2016.

Lotz, L. “Rio Grande do Sul.” Revista Mensal 15, n. 5 (maio de 1920).

Manzolli, Giovanni. “Desbravadores do norte gaúcho participam de Campori totalmente feito pelo Instagram.” Notícias Adventistas (Online), 19 de junho de 2019.

Manzolli, Giovanni. “Novo Hamburgo ganha Espaço Vida e Saúde para atender comunidade.” Notícias Adventistas (Online), 2 de abril de 2019.

Manzolli, Giovanni. “Sede administrativa Adventista para o norte gaúcho elege líderes para o próximo quadriênio.” Notícias Adventistas (Online), 24 de novembro de 2019.

Melo, Araceli S. “O Que Vai Por Passo Fundo.” Revista Adventista, n. 2, ano 44 (fevereiro de 1949).

“Mensagem no Ar.” Revista Adventista, n. 5, ano 80, maio de 1985.

“Missão Ocidental mostra crescimento.” Revista Adventista, n. 9, ano 92, setembro de 1996.

Neilsen, N. P. “Notícias da União Sul-Brasileira.” Revista Mensal 23, n. 1 (janeiro de 1928).

Neilsen, N. P. “Reuniões Geraes no Rio Grande do Sul.” Revista Mensal 24, n. 6 (junho de 1929).

“Notícias dos Pampas.” Revista Adventista, n. 10, ano 75, outubro de 1980.

Novo Tempo. https://www.novotempo.com/.

Pasini, Pedro H. “Em Novo Hamburgo, um Grupo que Cresce.” Revista Adventista, n. 2, ano 52 (fevereiro de 1957).

“Presidência.” Prossigo Para o Alvo: Associação Norte-Sul-Rio-Grandense – I Assembleia Quadrienal, 2015-2019.

Preuss, Augusto P. “Relatorio trimensal da Conferência do Rio Grande do Sul do 4° trimestre de 1914.” Revista Mensal 10, n. 3 (março de 1915).

“Rápidas.” Revista Adventista, n. 6, ano 101, junho de 2006, 29.

Raymundo, Benito. “O Sul em Revista.” Revista Adventista, n. 6, ano 65 (junho de 1970).

Raymundo, Benito. “O Sul em Revista.” Revista Adventista, n. 11, ano 63, (novembro de 1968).

“Reencontro apresenta resultados missionários na MOSR.” Revista Adventista, maio de 2006.

Reencontro. Informações na página do Facebook, https://www.facebook.com/.

Renck, Boni. “Batismo da Primavera em Taquara.” Revista Adventista, n. 2, ano 66 (fevereiro de 1971).

Replogle, Leon. “Esteio.” Revista Adventista 32, n. 6 (junho de 1937).

Replogle, Leon. “Ijuhy.” Revista Adventista 32, n. 6 (junho de 1937).

“Rio Grande do Sul ganha mais um campo.” Revista Adventista, n. 2, ano 92, fevereiro de 1996.

Santos, Floriano X. dos. “Evangelismo – Ponta de Lança da Mensagem.” Revista Adventista, n. 8, ano 55 (agosto de 1960).

Santos, Osório. “Notícias do Rio Grande do Sul.” Revista Adventista, n. 12, ano 70, (dezembro de 1975).

Site da Igreja Adventista do Sétimo Diahttp://www.adventistas.org/pt/.

Seventh-day Adventist Online Yearbook [Anuário da IASD]. https://www.adventistyearbook.org/.

Seventh-day Adventist Yearbook [Anuário da IASD]. Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, various years.

Seventh-day Adventist Yearbook [Anuário da IASD]. Nampa, ID: Pacific Press Publishing Association, 2019.

Stencel, Renato. “O Processo de Expansão da Obra Educacional: o Ensino Superior adventista no Brasil.” Acta Cientifica - Ciências Humanas 1, n. 10 (Primeiro semestre de 2006).

“Surge Nova Igreja.” Revista Adventista, n. 2, ano 77, fevereiro de 1982.

“Tesouraria e Expansão Patrimonial.” Prossigo Para o Alvo: Associação Norte-Sul-Rio-Grandense – I Assembleia Quadrienal, 2015-2019.

“Três Quadrienais.” Revista Adventista, n. 4, ano 56, abril de 1961.

Webster, F. C. “Inauguração do Templo Adventista em Passo Fundo.” Revista Adventista, n. 1, ano 48 (janeiro de 1953).

Weidle, Eugênio. “Passo Fundo.” Revista Adventista, n. 4, ano 38, (abril de 1943).

Wichineski, Ionara. “Mil membros da MOSR se comprometem com a Escola Missionária.” Revista Adventista, n. 1212, ano 104 (maio de 2009).

Wilcox, E. H. “Escola Cruzeiro do Sul.” Revista Adventista 29, n. 3 (março de 1934).

Notas de fim

  1. Seventh-day Adventist Online Yearbook, “North Rio Grande do Sul Conference [Associação Norte-Sul-Rio-Grandense],” acessado em 2 de junho de 2020, https://bit.ly/373Fve4.
  2. Associação Norte-Sul-Rio-Grandense, “Escolas,” acessado em 2 de junho de 2020, https://bit.ly/2MrBgPW.
  3. “Jovens, Música, Comunicação, Universitários,” Prossigo Para o Alvo: Associação Norte-Sul-Rio-Grandense – I Assembleia Quadrienal, 2015-2019, 46.
  4. Seventh-day Adventist Online Yearbook, “North Rio Grande do Sul Conference [Associação Norte-Sul-Rio-Grandense],” acessado em 2 de junho de 2020, https://bit.ly/373Fve4.
  5. Fabiana Bertotti, ed., 100 Anos de Fé, Pioneirismo e Missão (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2006), 16-21.
  6. Edegar Link, mensagem de e-mail para Renato Gross, 9 de novembro de 2016.
  7. Odailson Fonseca, ed., 100 Anos de Fé, Pioneirismo e Ação (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2006), 21; Fabiana Bertotti, “Direto nas fontes,” Revista Adventista, 1266, ano 108 (novembro de 2013): 27.
  8. Renato Stencel, “O Processo de Expansão da Obra Educacional: o Ensino Superior adventista no Brasil,” Acta Cientifica - Ciências Humanas 1, no. 10, (primeiro semestre de 2006): 38-39.
  9. Fabiana Bertotti, ed., 100 Anos de Fé, Pioneirismo e Missão (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2006), 23.
  10. Augusto P. Preuss, “Relatorio trimensal da Conferência do Rio Grande do Sul do 4° trimestre de 1914,” Revista Mensal10, n. 3 (março de 1915): 8.
  11. Lotz, “Rio Grande do Sul,” Revista Mensal15, n. 5 (maio de 1920): 14.
  12. P. Neilsen, “Reuniões Geraes no Rio Grande do Sul,” Revista Mensal24, n. 6 (junho de 1929): 13.
  13. P. Neilsen, “Notícias da União Sul-Brasileira,” Revista Mensal23, n. 1 (janeiro de 1928): 8.
  14. H. Wilcox, “Escola Cruzeiro do Sul,” Revista Adventista29, n. 3 (março de 1934): 15.
  15. Leon Replogle, “Esteio,” Revista Adventista32, n. 6 (junho de 1937): 11.
  16. Ibid.
  17. Eugênio Weidle, “Passo Fundo,” Revista Adventista, n. 4, ano 38 (abril de 1943): 12.
  18. Araceli S. Melo, “O Que Vai Por Passo Fundo,” Revista Adventista, n. 2, ano 44 (fevereiro de 1949): 9.
  19. C. Webster, “Inauguração do Templo Adventista em Passo Fundo,” Revista Adventista, n. 1, ano 48 (janeiro de 1953): 12.
  20. Pedro H. Pasini, “Em Novo Hamburgo, um Grupo que Cresce,” Revista Adventista, n. 2, ano 52 (fevereiro de 1957): 26.
  21. Floriano X. dos Santos, “Evangelismo – Ponta de Lança da Mensagem,” Revista Adventista, n. 8, ano 55 (agosto de 1960): 35.
  22. “Três Quadrienais,” Revista Adventista, n. 4, ano 56, abril de 1961, 26.
  23. Waldemar Leitzke, “A Mão Divina Não Está Encolhida,” Revista Adventista, n. 10, ano 60 (outubro de 1965): 21-22.
  24. “A Escola Rádiopostal servia para o envio de lições dos alunos dos cursos bíblicos e para responder às cartas dos ouvintes.” Alexandre Brasil Fonseca, “Muito Além do Sábado: O Pioneirismo Adventista na Mídia Eletrônica Religiosa,” Revista de Estudos da Religião, ano 8 (setembro de 2008): 96.
  25. “A Voz da Profecia é o programa evangélico mais antigo da rádio brasileira, com início em 1943. Desde o princípio, conta com a participação musical do quarteto Arautos do Rei. Atualmente, o programa tem sua versão, também, na TV, e é apresentado pelo Pastor Gilson Brito, que está no ministério pastoral há mais de 30 anos. São sermões bíblicos que apresentam uma mensagem de esperança e salvação.” Novo Tempo, “A Voz da Profecia,” acessado em 28 de janeiro de 2020, https://bit.ly/2RzGrRh.
  26. Arno H. Köhler, “Evangelismo Público em Nôvo Hamburgo,” Revista Adventista, n. 8, ano 62 (agosto de 1967): 27.
  27. Benito Raymundo, “O Sul em Revista,” Revista Adventista, n. 11, ano 63 (novembro de 1968): 29.
  28. Benito Raymundo, “O Sul em Revista,” Revista Adventista, n. 6, ano 65 (junho de 1970): 30.
  29. Boni Renck, “Batismo da Primavera em Taquara,” Revista Adventista, n. 2, ano 66 (fevereiro de 1971): 27.
  30. Arno H. Köhler, “Rádio e Evangelismo,” Revista Adventista, n. 7, ano 68 (julho de 1973): 20-21.
  31. Osório Santos, “Notícias do Rio Grande do Sul,” Revista Adventista, n. 12, ano 70 (dezembro de 1975): 22.
  32. Arno H. Köhler, “Penetração no Rio Grande do Sul,” Revista Adventista, n. 8, ano 72 (agosto de 1977): 22.
  33. Ivo Santos Cardoso, “Concílios e Inaugurações Marcam Progresso Gaúcho,” Revista Adventista, n. 10, ano 73 (outubro de 1978): 23.
  34. “IACS Evangeliza Arredores,” Revista Adventista, n. 12, ano 74, dezembro de 1979, 20.
  35. “Notícias dos Pampas,” Revista Adventista, n. 10, ano 75, outubro de 1980, 20.
  36. “O tabagismo é um dos principais fatores de risco para morte precoce e incapacidades em todo o mundo.  Hoje, há no mundo aproximadamente 1,1 bilhão de fumantes. [...] Por isso, a Igreja Adventista do Sétimo Dia promove a iniciativa ‘Como Parar de Fumar em cinco dias’, com o único objetivo de ajudar pessoas a abandonar definitivamente o uso de tabaco, promovendo cursos em suas igrejas locais ou em parcerias com prefeituras, ONGs e hospitais. O curso é oferecido a toda a população e, em cada região, é ministrado em datas diferentes ao longo do ano. A saúde física, mental e espiritual é uma das preocupações da Igreja Adventista e o curso Como Parar de Fumar faz parte desse trabalho que é oferecido gratuitamente.” Portal da Igreja Adventista do Sétimo Dia, “Como Parar de Fumar,” acessado em 24 de junho de 2020, https://bit.ly/2B34S3S.
  37. “Fotos e Acontecimentos,” Revista Adventista, n. 9, ano 76, setembro de 1981, 34.
  38. “Surge Nova Igreja,” Revista Adventista, n. 2, ano 77, fevereiro de 1982, 22.
  39. “Jovens Usam Rádio Para Evangelismo,” Revista Adventista, n. 12, ano 78, dezembro 1983, 35.
  40. “Mensagem no Ar,” Revista Adventista, n. 5, ano 80, maio 1985, 26.
  41. “Centro Educacional,” Revista Adventista, n. 2, ano 83, fevereiro de 1987, 25.
  42. “Educação na Sul-Rio-Grandense,” Revista Adventista, n. 6, ano 83, fevereiro de 1987, 24.
  43. “Gaúchos celebram os 85 da Obra Adventista,” Revista Adventista, n. 1, ano 86, janeiro de 1990, 19.
  44. “A Missão Global é ramo missionário da linha de frente da Missão Adventista, um departamento da sede mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Os projetos da Missão Global começam como iniciativas locais. Apoia as iniciativas locais de ministérios na linha de frente em áreas não penetradas [pela Igreja Adventista] e ajuda a envolver todos os departamentos da igreja nessa tarefa.” Portal da Igreja Adventista do Sétimo Dia, “O que é Missão Global,” acessado em 4 de fevereiro de 2020, http://bit.ly/35Wz9e0.
  45. “Gaúchos alargam fronteiras,” Revista Adventista, n. 7, ano 88, julho de 1992, 22.
  46. “Emissora de rádio é o destaque,” Revista Adventista, n. 8, ano 88, agosto de 1992, 21.
  47. “ADRA cumpre maratona de inaugurações na União Sul,” Revista Adventista, n. 1, ano 90, janeiro 1994, 13.
  48. Rafaela Bagattini, “Palmeira das Missões – Município unirá menores do Lar Adventista e Cesbo,” Diário RS, 10 de abril de 2014, acessado em 30 de julho de 2020, https://bit.ly/3jY7dib.
  49. “Escola de Esteio é a maior do Rio Grande,” Revista Adventista, n. 8, ano 90, agosto de 1994, 14.
  50. “Rio Grande do Sul Conference [Associação Sul-Rio-Grandense],” Seventh-day Adventist Yearbook(Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, 1994), 277.
  51. “Rio Grande do Sul Conference [Associação Sul-rio-Grandense],” Seventh-day Adventist Yearbook(Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, 1995), 281.
  52. “Rio Grande do Sul Conference [Associação Sul-Rio-Grandense],” Seventh-day Adventist Yearbook(Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, 1996), 290-291.
  53. “Rio Grande do Sul ganha mais um campo,” Revista Adventista, n. 2, ano 92, fevereiro de 1996, 19-20.
  54. Um colportor-evangelista da Igreja Adventista do Sétimo Dia é o missionário que "desenvolve seu ministério adquirindo e vendendo ao público as publicações editadas e aprovadas pela Igreja, com o objetivo de transmitir a seus semelhantes o Evangelho eterno que traz salvação, bem-estar físico e espiritual.” Portal da Igreja Adventista do Sétimo Dia, “Colportagem,” acessado em 4 de fevereiro de 2020, https://bit.ly/2J6tY1I.
  55. O Clube de Desbravadores é formado por meninos e meninas de 10 a 15 anos. Eles geralmente se encontram uma vez por semana, para aprender e desenvolver talentos, habilidades e a apreciação pela natureza. Eles se empolgam com as atividades ao ar livre, tais como acampamentos, caminhadas, escalada e exploração de florestas e cavernas. Também lutam contra o uso de tabaco, álcool e drogas. Portal da Igreja Adventista do Sétimo Dia, “Quem somos,” acessado em 4 de fevereiro de 2020, http://bit.ly/2FDRqTh.
  56. “Western Rio Grande do Sul Conference [Associação Ocidental Sul-Rio-Grandense],” Seventh-day Adventist Yearbook(Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, 1997), 268.
  57. “Lançado Projeto Missão Global 2000,” Revista Adventista, n. 7, ano 92, julho de 1996, 16.
  58. “Missão Ocidental mostra crescimento,” Revista Adventista, n. 9, ano 92, setembro de 1996, 22.
  59. “Divisão justificada,” Revista Adventista, n. 7, ano 93, julho de 1997, 23.
  60. “Western Rio Grande do Sul Conference [Associação Ocidental Sul-Rio-Grandense],” Seventh-day Adventist Yearbook(Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, 2006), 277.
  61. A "Reunião" é um "programa realizado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, com o objetivo de alcançar seus membros afastados.” Reencontro, informação na página do Facebook, acessada em 22 de junho, 2020, https://bit.ly/2Z1bg3E.
  62. “Reencontro apresenta resultados missionários na MOSR,” Revista Adventista, maio de 2006, 32; “Rápidas,” Revista Adventista, n. 6, ano 101, junho de 2006, 29.
  63. Um Pequeno Grupo é um grupo de pessoas que se reúne semanalmente sob a coordenação de um líder com o objetivo de crescimento espiritual, relacional e evangelístico. Portal da Igreja Adventista do Sétimo Dia, “Pequenos Grupos,” acessado em 4 de fevereiro de 2020, https://bit.ly/2NtcXj7.
  64. “Congresso mostra resultados do projeto ‘Poder’ na MOSR,” Revista Adventista, n. 11, ano 101, novembro de 2006, 25.
  65. Ionara Wichineski, “Mil membros da MOSR se comprometem com a Escola Missionária,” Revista Adventista, n. 1212, ano 104 (maio de 2009): 29.
  66. “Western Rio Grande do Sul Conference [Associação Ocidental Sul-Rio-Grandense],” Seventh-day Adventist Yearbook(Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, 2010), 294.
  67. “Western Rio Grande do Sul Conference [Associação Ocidental Sul-Rio-Grandense],” Seventh-day Adventist Yearbook(Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, 2013), 294.
  68. “North Rio Grande do Sul Mission [Missão Norte-Sul-Rio-Grandense],” Seventh-day Adventist Yearbook (Nampa, ID: Pacific Press Publishing Association, 2019), 256-257.
  69. Da redação, “Comissão diretiva vota mudança de nomenclatura e status da sede adventista para o norte do RS,” Notícias Adventistas, 7 de maio de 2018, acessado em 31 de julho de 2020, https://bit.ly/3hUGMbA.
  70. “North Rio Grande do Sul Mission [Missão Norte-Sul-Rio-Grandense],” Seventh-day Adventist Yearbook(Nampa, ID: Pacific Press Publishing Association, 2019), 256-257.
  71. “O Projeto Impacto Esperança incentiva a leitura e oferece uma grande distribuição anual de livros por parte dos Adventistas do Sétimo Dia no território da América do Sul.” Portal da Igreja Adventista do Sétimo Dia, “Impacto Esperança,” acessado em 4 de fevereiro de 2020, https://bit.ly/34dZROO.
  72. “Presidência,” Prossigo Para o Alvo: Associação Norte-Sul-Rio-Grandense – I Assembleia Quadrienal, 2015-2019, 6.
  73. “O movimento chamado Caravana da Esperança é promovido pela Igreja Adventista do Sétimo Dia no Brasil e percorre cidades da América do Sul com o objetivo de apresentar temas bíblicos.” Evellin Fagundes, “Caravana da Esperança passará por Itabuna,” Notícias Adventistas, 14 de julho de 2016, acessado em 4 de fevereiro de 2020, https://bit.ly/2JIiogj.
  74. “Evangelismo, Mordomia Cristã e Ministério da Saúde,” Prossigo Para o Alvo: Associação Norte-Sul-Rio-Grandense – I Assembleia Quadrienal, 2015-2019, 91.
  75. Giovanni Manzolli, “Novo Hamburgo ganha Espaço Vida e Saúde para atender comunidade,” Notícias Adventistas, 2 de abril de 2019, acessado em 31 de julho de 2020, https://bit.ly/2XeOd5c.
  76. “O Clube dos Aventureiros é um programa para crianças de 6 a 9 anos, criado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, em 1972. Em suas reuniões, as crianças realizam atividades com foco no desenvolvimento físico, mental e espiritual.” Portal da Igreja Adventista do Sétimo Dia, “Aventureiros,” acessado em 4 de fevereiro de 2020, https://bit.ly/2NyYUuw.
  77. Giovani Manzolli, “Desbravadores do norte gaúcho participam de Campori totalmente feito pelo Instagram,” Notícias Adventistas, 19 de junho de 2019, acessado em 3 de junho de 2019, https://bit.ly/2xr8l7b.
  78. “Campori é um grande acampamento que reúne adolescentes, jovens e crianças que participam dos clubes mantidos pela Igreja Adventista do Sétimo Dia.” Portal da Igreja Adventista do Sétimo Dia, “Campori de Desbravadores da DSA,” acessado em 4 de fevereiro, 2020, https://bit.ly/2uwY377.
  79. Giovani Manzolli, “Desbravadores do norte gaúcho participam de Campori totalmente feito pelo Instagram,” Notícias Adventistas, 19 de junho de 2019, acessado em 3 de junho de 2019, https://bit.ly/2xr8l7b.
  80. Giovanni Manzolli, “Sede administrativa Adventista para o norte gaúcho elege líderes para o próximo quadriênio,” Notícias Adventistas, 24 de novembro de 2019, acessado em 31 de julho de 2020, https://bit.ly/318FdQv.
  81. “Presidência,” Prossigo Para o Alvo: Associação Norte-Sul-Rio-Grandense – I Assembleia Quadrienal, 2015-2019, 6.
  82. “Western Rio Grande do Sul Conference [Associação Ocidental Sul-Rio-grandense],” Seventh-day Adventist Yearbook(Hagerstown, MD: Review and Herald Publishing Association, 1997), 268; “North Rio Grande do Sul Mission [Missão Norte-Sul-Riograndense],” Seventh-day Adventist Yearbook (Nampa, ID: Pacific Press Publishing Association, 2019), 256-257; Giovanni Manzolli, “Sede administrativa Adventista para o norte gaúcho elege líderes para o próximo quadriênio,” Notícias Adventistas, 24 de novembro de 2019, acessado em 31 de julho de 2020, https://bit.ly/318FdQv. Para uma verificação mais detalhada sobre os líderes da Associação Norte-Sul-Rio-Grandense, consulte os Anuários (Yearbooks) de 1997 a 2020.
  83. Para mais informações sobre a Associação Norte-Sul-Rio-Grandense, consulte o site http://ansr.adventistas.org ou as redes sociais - Facebook, Instagram e Twitter: @adventistasnsr e YouTube: Adventistas Note-Sul-Rio-Grandense.

 

×

Sena, Lucas Vítor Alves Rodrigues, Renato Gross. "North Rio Grande Do Sul Conference." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. January 08, 2022. Accessed May 28, 2024. https://encyclopedia.adventist.org/article?id=AJ8I.

Sena, Lucas Vítor Alves Rodrigues, Renato Gross. "North Rio Grande Do Sul Conference." Encyclopedia of Seventh-day Adventists. January 08, 2022. Date of access May 28, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=AJ8I.

Sena, Lucas Vítor Alves Rodrigues, Renato Gross (2022, January 08). North Rio Grande Do Sul Conference. Encyclopedia of Seventh-day Adventists. Retrieved May 28, 2024, https://encyclopedia.adventist.org/article?id=AJ8I.